violetas de março

Autora: Sarah Jio
Editora: Novo Conceito
Páginas:
 304
Classificação:
3/5 estrelas

Emily Wilson poderia ser considerada uma mulher bem sucedida, casada com um dos homens mais cobiçados e também a escritora de um best-seller, o problema é que ela não conseguiu escrever nada depois de seu sucesso e, para piorar, seu marido esta deixando-a por outra mulher.

Então, após assinar os papéis de divórcio e com um conselho de uma amiga em mente, ela decide ir à Bainbridge, uma ilha perto de Seattle, para  descobrir mais sobre si mesma. Nessa ilha ela encontra um diário e decide investigar mais sobre a misteriosa autora.

Pela premissa dá pra saber que esse é um daqueles livros sobre superação misturado com um amor do passado que não foi realizado, algo bem Nicholas Sparks. O que não deixa de ter seu charme quando bem escrito e a Sarah tem o dom de uma escrita cativante. O problema foi que a autora deu foque demais  na história que estava no diário, e logo os dramas dos outros personagens acabaram ficando em segundo plano. Além disso, a moça que narrava o diário não conseguiu me conquistar e muitas vezes me deixou ficar com raiva com suas atitudes e o jeito como tratava as pessoas a sua volta.

A estória da Emily e sua possível superação do divórcio fica apagada entre as tramas do diário, o que complicou e tornou bem difícil se apegar a protagonista em si, entretanto amei o fato de Emily ser uma escritora e rolou uma total identificação com a possessão dos livros preferidos.

Já o romance, algo que não pode faltar em um livro desse gênero, não acredito que tenha sido bem abordado. A autora flertou com um possível triângulo que logo foi descartado, já o romance contado através do diário simplesmente não deu certo não me atraiu porque a guria realmente me irritou deveras. Com isso, os personagens que mais gostei foram os secundários, eles roubaram a cena  com suas personalidades extrovertidas e engraçadas, como a Bee e a Evelyn, que brilham em suas passagens e deixam um gostinho de quero mais toda vez que dão o ar da graça. É uma pena a autora ter decidido não explorar mais delas.

Eu culpo Hollywood e escritores como Sarah Jio por minha vontade de morar em uma pequena ilha. Mais uma vez o local foi retratado como um lugar mágico e apaixonante, repleto de pessoas engraçadas com um conselho prático ou alguma sabedoria misteriosa sempre em mãos, principalmente alguns idosos fofos, o que não faltam nessa história. Em suma, definiria Violetas de Março como uma história sem nada de incomum, revestida de uma linda embalagem.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2342 pessoas visitaram
Publicado em 29/05/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Gabriela disse:

    Que pena que o livro não te conquistou tanto Deh! Amei a resenha.

  2. Deb ahahahahhahaha você sempre não vai com as mocinhas né? Calma, vai sem expectativas e não pensa que ela vai ser uma heroina e tal… Todos os livros que fico com vontade de ler e acho q vou gostar você gonga rs, não sei se é bom ou se nossos gostos tão em contra-mão pq até agora não li nenhum dos que te decepcionou.
    Eu acho que sua vibe não é romancinho de recomeço sem muita profundidade, você gosta de conteúdo e mais realidade num é?
    Vou levar em consideração sua opinião quando for ler as violetas e depois te conto ok?
    bjs!

  3. Mônica Oliveira disse:

    Não curto nada do estilo de Nicholas nunca li um livro dele e nem sei se darei a chance de ler..Penso nele como aquela história de banca e não consigo desligar essa imagem…Depois da sua resenha acabo ficando com essa mesma sensação com esse livro essa história… Meio padrão até..amor do passado, superação, reencontros..enfim passo a vez.

  4. Naty C disse:

    Uma pena que a autora não conseguiu desenvolver bem as duas estórias mantendo o interesse do leitor.
    Eu também tenho essa vontade de ir para uma ilha, mas acho que eu perderia a paciência muito fácil.

  5. bianca guimaras disse:

    interessante,talvez leia.

  6. Amanda Ishi disse:

    É uma pena a história parecia ser tão promissora pela sinopse…
    Queria comprar para minha tia, mas nem vou arriscar porque minha opinião costuma bater muito com a sua, assim como a da minha tia com a minha.
    Beijoos

  7. Cristiane Silva disse:

    Fofo esse livro! Ahh, achei e muito legal! Tem uma trama tão boa, pelo menos de sinopse senti isso. A coisa agora é ler né, cada um acha o que acha de cada livro. Ainda tenho esperanças de gostar, parece bom.

  8. Juliana Jesus disse:

    Que pena que a história da principal não é muito explorado, mas estou quase entrando em contradição porque quando parece uma sub história eu sempre fico curiosa pra saber o que aconteceu. Agora nao sei se compro o livro ou não.

  9. paulino disse:

    Gosto muito de livros que falam sobre livros ou escritores,mas essas histórias tipo de Nicholas Sparks não me agradam muito,mas as vezes esse vale a pena né 😉

  10. paulino disse:

    Gosto muito de livros que falam sobre livros ou escritores,mas essas histórias tipo de Nicholas Sparks não me agradam muito,mas as vezes esse vale a pena né 😉

  11. Gabriella Alvim disse:

    Parece ser um bom livro, mas não me deixou com vontade de ler. Sua resenha mostrou o que eu já esperava.

  12. Eu preciso desse livro. Amei. Mesmo com pontos desfavoráveis,eu quero ler e tirar minhas próprias conclusões. Não que eu faça pouco da sua,mais pra mim é de praxe verificar. Beijos.

  13. Ta ai um livro que eu não sinto o minimo de atração e a resenha reforçou ainda mais isso.

  14. Nattacha disse:

    Poxa o livro até apresenta um enredo bem legal, mas como a autora não conseguiu deixar as duas partes empolgantes em todos os quesitos, o livro acaba ficando meio chatinho né, o que era para ser o foco acaba perdendo o brilho todo… Uma pena mesmo. Claro que a leitura deve ser valida para conhecermos os personagens secundários que você comentou mais só por isso e entrar nesse clima todo de ilha para morar né!
    Acho a capa desse livro muito bonita!
    Parabéns pela resenha
    :*

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!