Autora: Katherine Boo
Editora: Novo Conceito
Páginas:
 288
Classificação:
 4/5 estrelas

Em Busca de um Final Feliz narra a história de vários moradores de uma favela em Mumbai. É uma obra não ficção que nos mostra abertamente como é a vida nesse país: corrupção, pobreza, intrigas, sonhos, injustiças e por aí vai. Por meio desse livro, conhecemos várias pessoas que nos deixam intrigados, algumas situações de vida que nos deixam perplexos e nos fazem parar para pensar o porquê de ainda reclamarmos da vida que temos hoje. Parecemos até mesmos hipócritas com a realidade de algumas pessoas se comparadas as nossas.

As pessoas ricas brigam por coisas bobas. Por que as pessoas pobres não podem fazer o mesmo?

Irei destacar alguns dos personagens que me chamaram atenção, começando por Fátima Shaikh, mais conhecida como Perna Só. Fátima é deficiente e possui apenas um membro inferior. No entanto, ela não é aquela “coitadinha” que costumamos ver por aí. Ela corre em busca do que quer até o fim. E ela usa e abusa de sua situação para ficar a frente de seus vizinhos. Essa é uma personagem que me deixa profundamente irritada ao longo da narrativa, não entendo como ela consegue tomar atitudes que são determinantes para a vida de outros.

Outro personagem que chama muito atenção é Abdul Hassan que desde que se lembra mora em Annawadi, sempre viveu a dura e triste realidade de ter que lutar para comer. Abdul é um de vários personagens que possui sonhos e um deles é sair desse bairro e buscar uma vida melhor, com uma mulher decente que o ame. Abdul é realista e alguém que você realmente fica com vontade de querer ter conhecido.

Katherine Boo comenta na nota ao final do livro que depois de se apaixonar por seu marido, ela ganhou um país. Antes mesmo de se conhecerem ela já fazia um estudo nos lugares pobres do mundo, procurando maneiras de solucionar a miséria. Ao chegar à India, ela começou a se fazer uma série de perguntas a respeito do assunto. Ela queria um livro que respondesse todas essas questões que a inquietava. Ao mesmo tempo, ela sentiu falta de obras de não ficção que abordassem a Índia e todos os seus fatores.  Então, Katherine tomou a incrível decisão de produzir esta obra.

Esconder-se era algo que as pessoas culpadas costumavam fazer; ele era inocente e queria a verdade estampada em sua testa. Então, o que mais lhe restava fazer a não ser submeter-se às autoridades oficiais, à lei, à justiça? Conceitos que seu conhecimento limitado de história nunca tinham lhe dado razões para acreditar, mas nos quais ele pretendia acreditar agora.

Em novembro de 2007, ela entrou em uma favela de Mumbai, na Índia, chamada Annawadi. Onde fez a coleta de informações para seu livro. Ela fez entrevistas e observou o cotidiano da população pobre desse bairro e, assim, todos os fatos narrados no livro são reais. Boo fez o possível e impossível para descrever os sentimentos das pessoas por meio de perguntas e vários diálogos similares com os mesmos, para não deixar nada passar.

Eu fiquei simplesmente maravilhada com a escrita de Katherine. Ela consegue, durante o pouco tempo em que estamos nos deliciando com essa obra, nos transportar para uma vida tão diferente da que conhecemos. Sentir tudo que sentem. É notável a forma com que ela consegue passar o sentimento e a intensidade da vida dessas pessoas que conheceu em Annawadi. É fácil se perder na leitura e se esquecer da vida ao seu redor. Eu recomendo para todos aqueles que querem conhecer e se emocionar com uma cultura diferente e a vida triste da população pobre da Índia.

Ele queria ser melhor que aquilo com que fora feito. Na água suja de Mumbai, ele queria ser o gelo. Ele queria ter ideais. Por razões de seu próprio interesse, um dos ideais que ele mais queria ter era acreditar na possibilidade de justiça.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4013 pessoas visitaram
Publicado em 26/05/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Gabi Em busca de um final feliz é o tipo de livro que gosto e me emociono ao ler (tarefa não muito difícil rs). Adoro não-ficções porque consigo me conectar mais rápido e começo a pensar nas nossas atitudes, preocupações, falhas, nas injustiças, no egocentrismo, e em tantas outras mais que ficam rondando na minha cabeça por dias, me marcando de um jeito que acho que me modifica de uma certa forma. E é tão bom sair da nossa zona e conhecer outras culturas e histórias né? Mesmo sem ter vivenciado, sentido na pele essa realidade, um bom livro me faz presente.
    bjs

  2. Natália disse:

    já está na minha lista ;D

  3. Mônica Oliveira disse:

    Nossa antes de tudo tenho que dizer a NOVO CONCEITO sempre traz livros dos mais variados temas..isso é bom para uma editora.
    Esse tema em especial parece ser bem forte e profundo..não sei se eu teria coragem de ler..quando penso em ler algo me imagino com uma leitura que me tire da minha realidade e me leve para novos mundos..mais felizes onde a tristeza o sofrimento não aparece..ler um livro onde vamos encontrar tantos problemas, tantas barbaridades que a sociedade faz não sei se me daria a oportunidade de ler.

  4. bianca guimaras disse:

    senhor, mais um livro que explode emoçoes, com certeza vou ler, não sei quando mas vou.

  5. Naty C disse:

    Acho muito interessante a temática desse livro, mas não estou em um momento para leitura tão realista. Mesmo assim pretendo adicioná-lo a minha lista de desejados, creio que algum dia sentirei vontade de lê-lo.

  6. paulino disse:

    O ponto do livro que mais me atraiu foi com certeza o fato de que se passa na India ,onde eu sou louco para conhecer ,mas infelizmente não curto esse tipo de livro 🙁

  7. Acho que ultimamente a NC anda lançando uns livros tão sem graça que acabei perdendo o interesse na editora :/

  8. Cristiane Silva disse:

    Faz pensar, achei legal. Não é muuuuuito do tipo de livro que gosto de ler, mas acho que vale a pena nem que seja pra ver como é essa realidade tratada no livro.

  9. Amanda Ishi disse:

    Super interessante! Um livro que retrata a realidade. Parece ser super emocionante, normalmente eu procuro ler histórias que me afastem do mundo real, mas esta parece ser ótima e muito tocante.
    Beijoos

  10. Juliana Jesus disse:

    Não é o tipo de leitura que me agrada, mas talvez para uma amiga eu posso dá-lo para presente. É interessante que ela fez uma pesquisa minuciosa para assim construir seu livro.

  11. Gabriella Alvim disse:

    Um livro que te faz pensar, não é um livro que eu leria normalmente. Mas parece ser bem interessante conhecer a realidade apresentada

  12. Tenho o ebook dele e amo esse livro. Ele é tudo de bom e um pouco mais. Beijos.

  13. Nattacha disse:

    Apesar de esse livro não fazer o meu tipo de leitura preferida, eu acho que leria ele mais por conhecimento.Deve ser bem chocante ver como eles vivem lá e a forma como levam suas vidas bem diferente da nossa né!Porque o mais impressionante é o empenho e a dedicação que a autora deu ao livro, gente ir lá para conhecer esse povo, conversar com eles, e relatar tudo em palavras não deve ser facil! Gostei mesmo!
    :*

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!