Autora: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Páginas:
 352
Classificação:
 5/5 estrelas

Será que todos os livros de Kristin Hannah são como Quando Você Voltar, que me fez chorar de soluçar durante horas, que com sua trama comovedora ganhou meu coração? Eu já sabia que o livro era bom, mas se alguém tivesse me avisado antes o quão maravilhoso ele é eu teria melhor me preparado psicologicamente, porque, sim, o livro exige que você tenha ciência que o tema tratado é forte. Lindo, mas que carrega uma avalanche de sentimentos, isso define bem Quando Você Voltar.

Você vai mentir e dizer que tudo vai ficar bem?

O livro gira em torno de Jolene e sua família. Por meio de flashbacks, conhecemos o passado de Jolene, com um pai alcoólatra e uma mãe que perdoava todos os erros de seu marido por amor. E então eles morrem, e Jolene fica definitivamente sozinha, sem dinheiro e sem muita ideia de para onde seguir. Seu próximo passo, aos dezoito anos, é entrar no exército, e é com essa idade que tudo muda em sua vida, e ela conhece suas duas paixões: seu futuro marido, Michael, e sua melhor amiga de toda vida, Tami.

Prestes a completar quarenta e um anos, Jo acredita ter a vida perfeita. É casada, tem duas filhas maravilhosas, além de uma outra família no exército, onde é piloto. Mesmo seu marido estando ausente nos últimos meses em razão do falecimento de seu pai, ela o ama com loucura e acredita que o pensamento positivo garante sua felicidade. E então Michael um dia chega em casa e diz que não a ama mais, e o mundo perfeito de Jolene começa a ser despedaçado pouco a pouco. Dias depois, ela é convocada para a guerra, e aí é o começo do fim da vida que conhecia e sempre quis para si.

Às vezes, você precisa brigar pelo seu amor.

Eu comecei esse livro chorando, passei as páginas chorando, terminei ele chorando, e estou escrevendo essa resenha um tanto emocionada e a ponto de chorar. Então, com toda essa minha redundância  espero que eu esteja deixando claro a marca que o romance deixou em mim.

São tantos personagens em Quando Você Voltar, e tão complexos, mesmo cada um possuindo seu próprio espaço, que nem sempre é tão grande quanto eu gostaria, que fica difícil mencionar todos, mas alguns eu não posso deixar de lado. Vou começar por Jolene, que começa o livro tão cheia de amor para dar, mas logo precisa de todo apoio e amor para se manter firme nas provações que o destino lhe trouxe. E então há Tami, que é uma guerreira, acredito que não tenha palavra melhor para defini-la. Essa mulher é do tipo que prefere bater de frente e perdoa até o imperdoável. Juntas, ambas fazem o par perfeito, elas se encaixam com suas diferenças, e são as melhores amigas que todos deveríamos ter.

Entretanto a trama não gira em torno somente de duas melhores amigas, há também Michael, que acha que sua vida poderia ser de outro jeito, poderia ser melhor, se suas escolhas fossem outras, e aí acontece de sua mulher ser chamada para a guerra e ele deve acordar e enfrentar a realidade, começar a conhecer suas filhas, e lutar pelo amor de sua mulher. Já em sua vida profissional, Michael é advogado de defesa, e já defendeu o pior lado da humanidade ao ponto de todos os seus ideais  minguarem com o tempo, porém toda sua vida ele ouviu de seu pai que um dia chegaria um caso em suas mãos que faria todos os outros valerem a pena, e então as palavras de seu pai tomam vida na forma de um homem que assassinou sua mulher. Resta a Michael ter maturidade para entender o que aconteceu e lutar por justiça.

Já passou pela sua cabeça que eu não mereço ser salvo?

O livro foi tão primorosamente descrito que a história toma forma instantaneamente ao lê-la, os personagens são críveis e seus dramas poderiam estar acontecendo com você ou um vizinho. Chega a ser brutal a forma como o livro me sugou, como eu bebi cada página e em poucas horas terminei e ainda assim ele continua comigo, me fazendo relembrar de cada trecho emocionante.

Quando Você Voltar é um romance que trata sobre as facetas podres de nosso mundo, mas, principalmente, trata das várias formas de amor que podem aparecer em nossas vidas e como é difícil não desistir de lutar por eles. Às vezes, é preciso perder para perceber as glórias em nossa vida, e Kristin Hannah soube bem como retratar isso.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
14731 pessoas visitaram
Publicado em 19/05/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Mariana Borges disse:

    Só pela sua resenha eu com certeza leria o esse livro sem pensar duas vezes, fique extremamente curiosa com a história. Livros com grandes cargas emocionais são bons para nos fazer refletir e pensar melhor sobre a vida que vivemos. Obrigada pela resenha, beeijos!!

    1. Gabrielle disse:

      Obrigada, Mari *-* MUITA CARGA emocional, com certeza!

  2. Mônica Oliveira disse:

    Nossa quase chorei só de ler o tanto que vc chorou com o livro HAHAHAHAHA ai gente não quero ler livro assim que nos faz chorar do início ao fim…são livros tão completos e complexos que mexem com o que há de melhor em nós e o que há de pior..

  3. Larissa Santana disse:

    Eu já li críticas maravilhosas sobre o livro, mas elas eram extremamente profissionais. Acho que você realmente mostrou o quanto você se emocionou e isso me fez colocar o livro lá em cima na lista.

  4. Natália disse:

    Parece lindo e eu amo livros assim, que me fazem chorar e mexem com as pessoas já tá na minha listinha ;D

  5. bianca guimaras disse:

    esse tipo de livro me marca de mais, tanta emoção que as vezes paro a leitura por dias, pq o baque emocional é muito grande.

  6. Naty C disse:

    Esse livro parece muito bom, mas sério, fiquei com medo de tanto choro. Eu sou do tipo que chora por qualquer coisa, então fico imaginando o quanto eu choraria com esse livro.
    Mesmo assim pretendo incluí-lo na minha lista de leitura, pois alem do enredo parecer ótimo fiquei curiosa com a profissão da Jolene, é bem deferente.

  7. paulino disse:

    não gosto muito de romances muito dramaticos,n sei se é pq tenho odio do Nicholas Sparks,mas nunca consigo terminar um livro de romance =/

  8. Amanda Ishi disse:

    Nossa! Sua resenha me deixou super cusiosa e morrendo de vontade de ler esse livro. Vou ler na primeira oportunidade que eu tiver.
    Beijoos

  9. Eita que eu quase pedi esse livro pra arqueiro, mas acabei deixando passar e agora vc atiça a vontade de ler viu Gabi, sem graça. SADOASKDKOSADOKASDOKASDOKS

  10. Cristiane Silva disse:

    Adoro livros que tratam de emoção assim tão bem. Quando você lê e pensa, gosta da trama e leva pela vida toda. E esse parece ser assim. Doida pra ler!

  11. Juliana Jesus disse:

    Olha eu não tinha visto ainda nada sobre esse livro ainda, ele deve ser lindo! Preciso estar psicologicamente preparada e com lencinhos pq eu choro mesmo. Cadê o dinheiro e as promo de livros quando precisamos? kkkkkkk

  12. Gabriella Alvim disse:

    Nunca tinha visto uma resenha desse livro, mas depois da sua resenha fiquei bastante empolgada. Tenho certeza que é um livro lindo e que vou chorar bastante com ele

  13. Yamille disse:

    Preparar os lencinhos pra ler esse livro porque ele parece ser beeeem emocionante! Aqueles livros que a gente se desfaz em lágrimas!

  14. Caramba. O livro deve ser muito bom. Se te deixou assim tão emotiva, o que vai ser de mim ao lê-lo? Amo livros assim, que nos deixam sem chão e super emotivos. Fiquei até arrepiada, quando você falou o que estava sentindo ao ler e ao fazer sua resenha. Beijos.

  15. Nattacha disse:

    Nossa, fiquei bem chocada ao ler sua resenha, porque eu não tenho o costume de ler sinopse antes de ler livros, eu sempre vou pegando uma coisa aqui e outra ali por meio das resenhas, porque não gosto de spoiler, gosto de saber se o livro foi bem escrito e essas, coisas nada de um resumo certo? E fiquei impressionada com o tema tratado no livro, sabe a vida sofrida de uma mulher, que ao seus 40 anos acha que tem a vida que sempre quis, mais de uma hora pra outra tudo se desfaz, e essa questão de o quanto agente dá valor para as coisas? que muitas vezes ele só é percebido por nós quando ele aquilo já não está mais em nossas mãos! Com certeza um livro com uma trama incrível e de muita carga emocional que devemos tirar várias lições né!
    Adorei mesmo! :*

  16. Cristiane disse:

    Sem palavras para definir esse livro. Chorei. A carta da melhor amiga foi de cortar o coração. Poxa, essa autora me deixou de um jeito. Já chorei em Jardim de Inverno e agora nesse…..parabéns!

  17. luciana disse:

    Boa tarde, acabei de ler o livo O caminho para casa de Kristian Hannah. Gente é maravilhoso, vale muito a pena.

  18. Ju disse:

    Por toda Eternidade me fez chorar rios com sua poesia, maestria e completa harmonia das palavras. Super recomendo!

  19. Cristina Nunes disse:

    Alguém sabe me dizer se há conteúdo improprio p leitura na faixa etárias de 15 anos?

    1. Gabrielle disse:

      Faz algum tempo já que li, mas acredito que não, o foco é o drama

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!