Autora: Jane Austen
Editora: Penguin-Companhia
Páginas:
 576
Classificação:
5/5 estrelas

Confesso que demorei muito para escrever essa resenha e foi simplesmente pelo fato de não saber expressar em palavras o quanto gostei de Orgulho e Preconceito. Isso soa brega, eu sei, mas amo umas breguices de vez em quando (rsrs).

Em Orgulho e Preconceito temos a família Bennet, composta pelo senhor Bennet, a senhora Bennet e mais cinco filhas: Jane, Elizabeth, Mary, Kitty e Lydia. Como é costume da época, toda a herança da família é herdada pelo filho homem e com cinco filhas todos os bens da família Bennet  está destinado para um parente distante, isso é mais do que suficiente para deixar a matriarca da família desesperada para casar logo suas filhas.

Quando a propriedade de Netherfield é alugada pelo Mr. Bingley, a senhora Bennet enlouquece ao se deparar com um alvo perfeito para formar um laço com alguma de suas filhas e ela não vai poupar esforços para que isso ocorra.

Eu sou uma apaixonada por romances e sempre quis ler o romance de Jane Austen para entender qual é a magia por trás desse livro que faz as pessoas o elogiarem tanto e o amarem até hoje, afinal já são 200 anos que a autora vem conquistando o coração dos seus leitores, e hoje entendo.

Elizabeth é cheia de personalidade e maravilhosa! Ela é inteligente e nada ingênua, com uma língua afiada e franqueza de dar inveja em pessoas como eu, que contumam pensar mil vezes antes de falar algo — excluindo quando estou de mal humor. Já Mr. Darcy, ah, como não se apaixonar por ele? De início ele é mal educado e fere o orgulho da Lizzy, mas ele se redime por cada erro e chega até a ser fofo.

O encanto desse livro é a forma como Lizzy e Darcy se apaixonam, como o amor deles é construído com o desenrolar da história, tijolo por tijolo, o desprezo tornando-se admiração.

Orgulho e Preconceito foi escrito para encantar gerações, é maravilhoso e com tudo no ponto certo. Há romance, mas não é nada meloso, serve como critica a sociedade, mas sem chegar ao ponto de exagero, e com lições para serem aprendidas e levadas para sempre.

Se você ainda não leu, super indico que você vá atrás de uma edição com uma tradução digna e não cheia de cortes — encontrei várias, infelizmente. Livros como os de Jane Austen merecem ser apreciados em seu melhor, e estou de dedos cruzados aguardando que o selo Penguin nos delicie com todos os romances dessa autora.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
28005 pessoas visitaram
Publicado em 15/05/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Patty disse:

    AMO todos os livros da Jane Austen, mas o meu queridinho é Orgulho e Preconceito. Vale muito a pena ler, e também assistir toda e qualquer adaptação cinematográfica que já fizeram dos livros dela.

  2. Janne disse:

    Ah, clássico indicadíssimo. Sou suspeita a falar, pq quero ser uma Jane Austen quando crescer, hehehehe. Lizzy e Darcy ainda é o casal mais fofo da história da literatura clássica. Muito amor por eles!

  3. camila rosa disse:

    Ouvi falar muito bem desse livro, ultimamente está tendo muitas resenhas sobre ele, e parece que é uma historia muito legal e interessante e eu estou com vontade de ler ele também ainda mais que eu não li nenhum livro do autor.

  4. Patricia Lima disse:

    AMO Jane Austen, e esse livro é um dos meus favoritos pra sempre. Sempre que possível eu tento recomendá-lo, e também que as pessoas assistam ao filme, afinal foi ele que me fez querer ler.
    A minha edição é aquela de bolso da Martin Claret, e achei a tradução descente. Não sei se comparada a outras como seria, mas achei essa do selo Penguin muito linda.

  5. Bruna amo Jane!! Lembro quando me tornei leitora sem ser obrigada pelo colégio ou ler livros de até 100 páginas, foi com clássicos que me iniciei rs. Nem tinha 15 anos na cara e já tava com Madame Bovary d Flaubert debaixo do braço. Enfim, lembro da primeira vez que li orgulho e preconceito e ficava sublinhando as frases do Darcy, da Lizzie no livro da minha amiga, e dpois ficávamos cheias de owww, aaahs. Poxaaaa faz 6-7 anos!!!!
    Já reli tantas vezes, já vi as adaptações, li versões em inglês e NÃO ME CANSO!
    Super recomendo os outros livros, gostei muito de Persuasão e Emma.
    bjs

  6. Já li o livro, já vi o filme. Sem palavra Jane Austen é Jane Austen.

  7. Vanilda Procopio disse:

    Ainda não li o livro mas tenho certeza de que estou perdendo uma grande história e quero muito ler. Jane Austen era uma mulher à frente de seu tempo e acredito que, como você disse, ela escreveu para encantar gerações mesmo.

  8. Maicon disse:

    O livro é um clássico, mas confesso que fiquei um pouco desapontado quando chegou uns livros da Penguin que eu comprei D:
    Uma vez que os preços nem chegam a ser muito baratos, eu esperava um material melhor, e não aquela capa molenga e sem orelhas =[
    Mas pra quem tá mais interessado em conteúdo é uma boa pedida mesmo assim, né 🙂

  9. vannessa queiros disse:

    Nossa Bruna,adorei a resenha,parabéns!
    Sou fã de Jane Austen,tenho os livros e os filmes.
    Adorei a capa do livro com o casal do filme,o livro com certeza encanta e vai continuar encantando muitas gerações,pelo livro maravilhoso e tudo o que representa:muito de Jane está nele e tem a parte das convenções da Sociedade na época,a importância da família,o romance…
    Agora,as outras capas de Orgulho & Preconceito,da Tia Jane são incríveis,maravilhosas,belíssimas…
    Jane na vida real não foi feliz no amor(infelizmente) mas ela projetou todo o amor que ela desejaria ter vivido para suas protagonistas,e através delas foi muito,muito feliz com certeza.
    No Século XVIII,as convenções da sociedade eram conservadoras,as mulheres deveriam viver conforme essas regras: ser educada para fazer um bom casamento.
    Realmente a família Bennett é muito divertida.
    Jane era diferente,seu pai tinha uma ampla biblioteca e sua família era de leitores de romances,e incentivavam seu amor pela escrita,e esse amor colocou seus romances entre os clássicos e ela “É considerada a maior escritora de todos os tempos, de acordo com sua jornada de vida que arrasta milhões de fãs por todo o mundo e encanta a todos com sua literatura épica.”(Wiki).

  10. maria clara disse:

    Já estou enrolando a muito tempo para ler esse livro, Jane Austen é uma escritora fantástica e eu tenho certeza que vou amar. òtima resenha : )

  11. Mônica Oliveira disse:

    Vejo tantas pessoas falarem desse livro, dos personagens que as vezes sinto até curiosidade para ler, mais como disse antes romance de época não é meu forte e tipo como assim ele vai dar a herança dele para um parente distante só porque não tem filhos homens ?? REALLY ?? Sociedade Injusta essa que vivemos ainda bem que não sou daquela época.

  12. Diana andrade disse:

    eu acho que livros clássicos tem que ser lidos independente da escola e que esse tipo de leitura devia ser incentivada (exceto Machado de Assis que eu acho chatinho):)

  13. Dani Marjorie disse:

    Sim, Orgulho e Preconceito é um romance demais, eu li há muito tempo e já tinha visto o filme, e simplesmente adorei, é uma leitura gostosa e cativante. Eu também recomendo muito!!!

  14. Paty disse:

    Orgulho e Preconceito é um dos classicos que mais tenho vontade de ler. Tenho o DVD do filme aqui em casa, porém me recuso a assistir antes de ler o livro. Tá na minha lista de livros para comprar e ler faz um tempinho, mas sempre outros livros acabam ficando em promoção e o dinheiro guardado pra Orgulho e Preconceito vai para alguma promoção no Submarino hahahaha. Espero que em 2013 essa leitura aconteça, nem que tenha que pegar emprestado na biblioteca da faculdade hehe

  15. Viviane dos Anjos disse:

    É interessante que Orgulho e Preconceito já foi adaptado para o cinema e para a TV inúmeras vezes por ser uma história realmente muito cativante.Eu super recomendo a leitura de Orgulho e Preconceito por ser essa obra atemporal, e concordo com você, Gabi, é quase impossível não se apaixonar por esse livro da Jane Austen,há também outros livros muito bons dela,mas infelizmente como você mencionou é muito raro encontrarmos uma edição com uma tradução digna, recomendo a edição lançada pela LANDMARK porque além de termos a obra traduzida há também a versão original em inglês e a capa é linda e o mais legal é uma versão com a capa do filme adaptado pro cinema em 2005.

    1. Viviane dos Anjos disse:

      *Corrigindo-me: concordo com a Bruna, pois ela que resenhou o livro Orgulho e preconceito.

  16. Daniela Brandão disse:

    Ainda não vi o filme pois quis ler o livro antes. Adorei! Apesar da linguagem e achar algumas partes bem arrastadas, o livro é incrível. É maravilhoso ver como a Elizabeth enxerga e cita a sociedade há mais de 200 anos e tratar de assuntos tão atuais como os que vemos hoje. Fora que a construção do amor deles de forma tão contraditória e inocente me derreteu!

  17. Gabriela Alves disse:

    Sempre tive vontade de ler os livros de Jane Austen , e falam muito bem de orgulho e preconceito ! Vai entrar pra lista ♥

  18. Oi, Bruna!
    Até hoje não consegui passar o papel o quanto gostei de “Orgulho e Preconceito”, talvez eu só consiga escrever uma ‘resenha’ após fazer a releitura dele.
    Assisti o filme antes [umas seis vezes, no mínimo] antes de ler o livro da Jane [e depois do livro, assisti mais duas] e admito, que gostei tanto do filme que fiquei com medo de não gostar tanto do livro ‘-‘ Poisé, eu gostei de ambos e vivo enchendo o saco das amigas que ainda não leram para conhecer a história, perder o preconceito com os clássicos e principalmente com relação a esse livro que além de ser um romance muito bacana, possuía uma heroína cheia de personalidade e faz uma crítica afiada à sociedade em que Austen viveu, ainda bem que muitas coisas mudaram nesses últimos 200 anos…

    Beigos!

  19. Dalila Souza disse:

    OH GOD, WHY?
    Porque sou tão preconceituosa e não consigo ler romances históricos?

    Já tava interessada em Jane Austen há tempos, daí vi ele no 1001 Livros Pra Se Ler Antes de Morrer. E tem o filme. E tem o The Lizzie Bennet Diaries.

    WHY, DALILA? WHY?

  20. Thais Fogaça disse:

    Clássico e clássico não tem como não amar Jane Austen!!

  21. Fabiéle Fernandes disse:

    Eu AMO essa história li o livro quando estava na faculdade estudando literatura e autores ingleses me apaixonei pela Jane, e não consegui mais parar de ler seus livros… ela era incrível sua escrita transcende o tempo e fala a todas as gerações.

  22. Rafaela S. disse:

    Amo os livros de Jane Austen, Orgulho e Preconceito foi o primeiro que li e me encantei, principalmente pela Lizzy, realmente é muito amor em um livro só. E a personalidade da Lizzy é espetacular ao meus olhos, gosto do jeito dela de ser e de encarar as situações. Ja leu Razão e Sensibilidade? é outro maravilhoso…
    Adorei a resenha!

  23. Hellen M. Guimarãess disse:

    Eu sou loucamente apaixonada por esse livro! Eu fiquei encantada pelas personagens, principalmente por Lizzy. Ameeei.

  24. Gizeli R. Meister disse:

    Nunca li Jane Austen, mas um dos livros que mais tenho vontade de ler da autora é, claro, Orgulho e Preconceito (apesar de nunca ter assistido ao filme). Sempre me vejo às voltas com esse livro na livraria mas, não sei por quê, sempre acabo levando algum outro ou não levando nada. Ainda lerei a autora, até porque gosto muito de livros com um lado psicológico bem desenvolvido, além da curiosidade de conhecer mais clássicos ingleses.

  25. Nattacha disse:

    Eu nunca li um livro se quer da Jane, e a capa resenha como a sua me arrependo até o ultimo fio de cabelo por ainda não ter feito isso!
    Porque os livros podem ser pregas, podem ser o que quiser, mas são apaixonantes e intensos, que envolvem o leitor até sua ultima pagina.
    Não tenho nem palavras para expressas a minha indignação por não ter lido nada dela, na verdade há muitos clássicos que não li ainda e fico me matando por isso!
    Amei a sua resenha, e espero que em breve eu tome vergonha na cara e leia algo dela!
    :*

  26. Ah, Orgulho e Preconceito é bom demais! Tão lindo e repleto de detalhezinhos, reviravoltas, comportamentos e personagens intrigantes… vou até parar de digitar, é coisa demais pra falar desse livro sensacional! :3

    http://canetaliteraria.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!