Autora: Cornelia Funke
Editora: Seguinte
Páginas: 176
Classificação:  4/5 estrelas

Em O Cavaleiro Fantasma, Jon Withcroft, com onze anos, vem passando por problemas em casa. Sua mãe está namorando, e Jon acredita que o Barba (apelido “carinhoso” pelo qual Jon se refere ao seu grande rival, o dentista com quem sua mãe vem saindo) está tentando livrar-se dele. E tudo leva a crer que ele conseguiu quando sua mãe decide envia-lo ao internato de Salisbury, mesma escola frequentada por seu falecido pai.

Mas nada é tão ruim que não possa ficar pior. Não só Jon se depara com vários personagens estranhos em Salisbury, mas acaba sendo perseguido por fantasmas que juraram acabar com ele. Quando ele conta os acontecimentos a Ella, uma nova amiga, eles decidem ir atrás de William Longspee, um fantasma que ajuda os fracos e oprimidos, para tirar Jon da enrascada.

Logo Jon descobre que os fantasmas querem dar fim aos Hartgill, a família de sua mãe, e então começa uma aventura para se livrar deles, e ajudar  Longspee a cumprir uma promessa para finalmente descansar em paz.

Jon é como qualquer outro garoto que deve lidar com o ciúme e conflitos gerados quando a mãe aparece com um novo namorado em casa, e fica difícil saber até que ponto é fantasia e realidade as características e ações ruins que ele enxerga no Barba. Ele também divide o palco com outros dois grandes personagens,  William e Ella.

Ella é a única a acreditar em Jon, se mostra corajosa e uma boa amiga. A interação entre eles é ótima e a garota foi também a grande surpresa da história. Já  William é aquele já conhecido herói que ficou preso ao mundo dos vivos por uma promessa que não conseguiu cumprir. Seu papel por si só não teve nada de surpreendente, mas o que ele teve a ensinar aos jovens foi o que fez toda a diferença. Sem ele, O Cavaleiro Fantasma poderia ter sido só mais uma história bobinha para crianças.

Não se envergonhe das lágrimas. Em minha vida, derramei muitas lágrimas e não foram suficientes.

O trio, juntos, formou uma história de amizade, lealdade, coragem e honra, com um amor que transcende eras que só se encontra nos contos de fadas. O ritmo é frenético e na medida certa para o público que se destina. Por ser o primeiro romance de Cornelia Funke que li, gostei bastante, foi uma boa escolha para começar, mesmo sabendo que essa não é sua melhor obra.

Eu definiria O Cavaleiro Fantasma como o tipo de livro que você deve comprar pensando em dá-lo para uma pessoa jovem que ainda não pegou o costume da leitura, mas também deve deixar o preconceito de lado por ser uma obra não tão bem trabalhada e para “crianças” e se dar ao prazer de lê-la. O livro pode até não ser para sua idade, mas se tratando de algo envolvendo qualidades que estão cada vez mais escassas hoje em dia — lealdade não se encontra em qualquer esquina e criticar uma pessoa antes mesmo de conhecê-la é mais do que comum, para não dizer que já se tornou costume –, o livro não só deve ser apreciado como também levado de mão em mão. Quem sabe assim não aprendemos algo, não é?

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4147 pessoas visitaram
Publicado em 11/05/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. camila rosa disse:

    Eu nunca tinha visto esse livro, mas acho que deve ser uma leitura muito gostosa de se ler e eu adorei a capa do livro e acho que agente deve sentir o que o personagem vive, pois ninguém merece o pai ou a mãe arrumar um (a) namorado (a), sei muito bem o que é isso.

  2. Oi, chará (:
    Vi esse livro há pouco tempo na livraria e até peguei pra comprar, porque gostei da sinopse e capa dele, mas nunca tinha visto nenhum cometário a respeito e aí fiquei com medo de comprar (porque o preço não tava tão bacana).
    Eu gosto de livros assim, que, além de nos proporcionar momentos bacanas, nos ensinam alguma coisa. Acho que agora vou apostar nele!

    Brunna Carolinne – My Favorite Book – @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

  3. Gostei da sua resenha, mas não me atraiu o livro.

  4. Vanilda Procopio disse:

    Adorei a sinopse e pela sua resenha o livro não deixa nada a desejar. Ainda não li nada da autora mas todos falam tão bem das histórias dela que tenho muita vontade de conhecer. E O Cavaleiro Fantasma parece ser bem recheado de aventura para um livro curtinho.

  5. Mônica Oliveira disse:

    Ah gostei da sua resenha, como você disse esse livro deve ser fofo e para ler temos que ser despretensiosos com ele, acho que é uma boa pedida mesmo para iniciantes e crianças para elas pegarem o gosto da leitura pois fala de um tema simples e profundo: AMIZADE.

  6. Diana andrade disse:

    Essa é a segunda resenha que leio sobre O cavaleiro fantasma e confesso que estou ficando bem entusiasmada, provavelmente essa venha a ser minha primeira experiência com a autora também 🙂

  7. Maicon disse:

    Esses livros, assim, “mais leves”, são ótimos pra intercalar com leituras mais densas… Já tô de olho nesse livro faz um tempo, até porque sempre tive curiosidade nessa autora (apesar de nunca ter lido nada, porque Coração de Tinta é caro demais @.@)
    Será que vai virar série, esse ai?

  8. vannessa queiros disse:

    Oi Bruna,também gostei da resenha,porque é uma ótima dica de livro e já li outros livros da Cornelia e fiquei encantada pela originalidade e criatividade da Autora.
    Nossa Jon vai viver várias aventuras em Salisbury,deve ser emocionante acompanhar a história tem também a parte que Você menciona que tem:história de amizade, lealdade, coragem e honra…

  9. Paty disse:

    Não é o tipo de leitura que eu gosto. Acho que esse livro é mais para quem está iniciando no mundo da leitura agora e talz. Livros com fantasmas definitivamente não são a minha praia =(

  10. Dani Marjorie disse:

    Também acredito que não é porque um livro é pra criança que ele não serve pra adultos lerem também… Eu geralmente presenteio meus sobrinhos com livros e acabei de encontrar mais uma opção pra eles.

  11. Viviane dos Anjos disse:

    Pela sua resenha Bruna, me recordo de outro livro chamado As Aventuras de de Huckleberry Finn muito similar a esse por tratar de amizade,gostei das suas palavras no último parágrafo, pois concordo com você, nos dias de hoje as pessoas estão perdendo muitas coisas principalmente a essência de ser humano com o próximo.

  12. Gabriela Alves disse:

    Acho que ele segue a linha dos livros que são atemporais , alcançam qualquer idade !

  13. Dalila Souza disse:

    Fui lendo a resenha, lendo, lendo, lendo… e me perguntando: “Mas quem escreveria esse tipo de livro?”.
    CORNELIA FUNKE, é óbvio? Só por isso já me faz querer dar uma chance pro livro…

    =*

  14. Fabiéle Fernandes disse:

    Amei a resenha… agora to loca pra ler o livro!

  15. Nunca li nada da Funke, e olha que já me falaram trilhões de vezes pra ler a série Mundo de Tinta mas nunca me empolguei =(. O livro é bem fininho, vi na Saraiva e até dei uma leiturinha… não seria um livro pra mim, não pra agora, mas com certeza daria para minha prima que ADORA essa temática fantasia e ainda tem um plus de falar de amizade e lealdade. Ótima dica!
    Obrigada, bjs!

  16. Rafaela S. disse:

    A autora de Coração de Tinta! Eu amooo Coração de Tinta, mas o que me fencantou em O Cavaleiro Fantasma foi o fato de ser um só livro rs
    A narrativa é leve, sem rodeios, sem pontas, os personagens são fofos.
    Jon tem personalidade forte, Ella é um encanto e William misterioso =)
    Diagramação perfeita, a capa com os detalhes em prata é linda e a tradução muitooo boa!
    Dá para ler todinho numa tarde!

  17. Thais Fogaça disse:

    Eu ganhei esse livro de um amigo, a historia e até gostosinha não é essa coca cola toda!

  18. Gizeli R. Meister disse:

    Gostei da resenha,porque é uma ótima dica de livro e já li outros livros da Cornelia e fiquei encantada pela originalidade e criatividade da Autora.

  19. Nattacha disse:

    Dá para acredita que já vi esse livro vááárias vezes e nunca tinha reparado quem era a autora xD eu já li dois livros dela o ultimo foi A Maldição da Pedra e fiquei maravilhada mais um vez com a obra dela.Se você ainda não leu deveria ler *-*
    Mas voltando a esse livro, um sempre pensava que o livro ia se tratar de um mistério, uma lenda sabe xD e não da história de um garotinho que julgou mal as coisas. Por mais que a obra seja escrita para crianças e não tenha sido tão bem desenvolvida eu com certeza vou ler (sei que minha tia tem e vou emprestar amanha mesmo xD)pois esse valores que você colocou ali no final tão bastante em falta mesmo, e além de que toda leitura e valida né!:*

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!