Autora: Kathryn Harvey
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 520
Classificação:  5/5 estrelas

Butterfly me chamou a atenção desde o momento em que vi a capa e a sinopse, e quando comecei a ler pensei que estava com um livro fantástico em mãos. E eu estava certo. Butterfly foi um dos melhores lançamentos de 2012.

Butterfly é um livro composto por várias histórias com personagens variados, e todas as histórias são ligadas a uma única coisa: o clube Butterfly. Lugar esse em que as mulheres convidadas a se juntarem são livres para tornar realidade todas as suas fantasias sexuais.

Cada uma das personagens dessa história são fantásticas de acompanhar. Linda, a médica frustrada sexualmente; Trudie, a engenheira que busca o homem que a satisfaça tanto no sentido intelectual quanto sexual; Jessica, uma advogada de sucesso sendo submissa e oprimida pelo marido. E há também mais uma personagem, a protagonista. A jornada dela é a linha pelo qual é costurado todos os dramas de Butterfly.

O livro é tachado como erótico, mas em comparação com as 50 Chibatadas na boa escrita e suas crias, ele não tem cenas de sexo repetitivas a cada duas páginas. Acredito que li umas 5 ao longo das 500 páginas do livro. E todas são completamente diferentes do que já vi. São sentimentais, quentes, bem escritas e realistas, por mais estranho que seja colocar essa palavra em um livro que trata de fantasias.

– Quando quiser fazer amor com uma mulher no futuro – disse ela com suavidade, acariciando-o e deixando-o excitado novamente -, não abra tanto as pernas dela como fez comigo. Aproxime-as, para que elas quase se toquem. Assim. Viu? Você ainda consegue me penetrar, mas agora eu consigo sentir. E a sensação é muito boa, Jamie.

Ele estava começando a relaxar. Deixando o orgulho ferido de lado, ele a deixou guiá-lo, percebendo de fato que estava tendo mais prazer com o que ela lhe ensinava do que com o seu desempenho sexual costumeiro. Ele a sentia melhor, era um ajuste mais estreito, e havia algo novo naquilo – um calor, um tipo de proximidade que nunca sentira antes.

– Devagar – ela murmurou enquanto ele balançava o quadril. – Suave e lentamente.
As mulheres são mais sensíveis na abertura. Recue quase que completamente,permita-me sentir você, e entre novamente. Ah… – ela arfou. – Assim. Sim, isso mesmo…

Butterfly é, sem dúvida, algo que Dan Brown teria escrito. A trama é toda intrincada, bem costurada e planejada, e cada pequeno detalhe faz uma diferença suprema. É abordado no enredo a prostituição infantil, pedofilia, estupro pelos próprios pais, aborto e muita corrupção política e religiosa.

Uma coisa interessante é o fato do livro ter sido publicado nos anos 80, e boa parte da trama se passar na década de 80. É interessante para conhecer um pouco de como a sociedade americana funcionava naquela época. Uma coisa chocante no livro, é a forma como as autoras utilizaram o assassinato de John F. Kennedy para criar uma história completamente insana e chocante por cima disso.

Butterfly é um livro sobre vinganças. E a vingança é um prato que se come frio, e o comparo com uma pratada de brigadeiro, pois vocês vão se deliciar com ele.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
15685 pessoas visitaram
Publicado em 07/04/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. A capa é linda, mas não sei se eu leria. Já ajuda bastante o fato de ser mais bem escrito que As 50 Chibatadas (eu ri!). Bjs

  2. Mônica Oliveira disse:

    Nossa depois que li sua resenha tenho que dizer: estava profundamente enganada com o livro rsrs li a sinopse e a capa algum tempo atrás que nem lembro mais e pensei que era algo totalmente diferente do que vc descreveu..pensei q era uma história de uma mulher e seus desejos e na sua resenha isso cai de terra abaixo, afinal são várias histórias envolvidas e todas ligadas ao local e também tem o fato de ser um livro de época (um tema q não gosto) mais faz agente tem um vislumbre dos pensamentos e maneiras daquela época..Valeu pela resenha fiquei e não fiquei curiosa com o livro

  3. camila rosa disse:

    Eu acho a capa do livro muito linda e eu já tinha visto ele e já queria ler agora quero mais ainda, só que eu já tenho livros que são de mais preferencia que esse.

  4. Ivana disse:

    A capa do livro é maravilhosa, mas quando comecei a ler o livro não consegui emplacar, e olha que é difícil para eu largar um livro.

  5. Julia Barbosa disse:

    Nossa nunca tinha me interessado pela história, quando vi a capa nunca teria imaginado que era desse tipo. Colocando na lista agora!!!

  6. Adorei a capa tudo, é um livro que eu quero muito ler desde o ano passado, mas me desculpe eu não vou pagar 35 reais num livro, meu bolso não aprova. Mas se alguém me der de presente ou tiver promoção.

    1. Jessica disse:

      entra no blog loucos por livro lá tem

  7. Vanilda Procopio disse:

    Quando vi a capa pensei: mais um erótico na mesma linha dos outros. Só que depois que li a sua resenha, fiquei bem impressionada com a história. Nem de longe pensava que teria tanta coisa envolvida … como você diz, digno de Dan Brown. Muita bacana e esclarecedora a sua resenha.

  8. Maicon disse:

    Tô fora dessa onde de livrinhos “hot”, e juro que nem mesmo uma resenha bem escrita vai mudar isso u.u!

  9. vannessa queiros disse:

    Oi Léo,também gostei do livro a começar pela capa depois pelas sinopses e opiniões nos Blogs.
    Mas depois de 50 Tons de Cinza,muitos livros pegaram carona na onda,então sempre que surgir um livro assim,claro que vai ter comparação,mas cada um com sua “inspiração e fantasias”
    Importante Vc ter mencionado sobre o que é abordado no enredo: a prostituição infantil, pedofilia, estupro pelos próprios pais, aborto e muita corrupção política e religiosa.

  10. Viviane dos Anjos disse:

    Quando vi a capa desse livro pensei ser apenas mais um livro fruto da linhagem do “50 Tons…”, mas pela resenha parece ser uma boa leitura, talvez diferente das quais estou habituada, pois trata de temas bem delicados.Gostei em saber que tem como fundo a década de 80 e por tratar de vingança, por este fato fiquei curiosa e instigada em querer lê-lo.

  11. Rafaela S. disse:

    Eu li esse livro no começo do ano , e digo que me surpreendi, quando eu li a sinopse ,imaginava que seria mais um livro erótico , porem já nos primeiros capítulos vemos o contrario , existe o erotismo, mais ele é bem trabalhado ,tendo influencia na vida dos personagens. Alem da passagem do tempo ,a autora se preocupou em mostrar fatos verídicos , e não só a fantasia dos personagens. Eu gostei muito do livro. E acho que esse livro merecia uma adaptação pra o cinema.
    Adorei sua resenha. Agora quero ler Stars 🙂

  12. Diana andrade disse:

    Apesar da capa muito linda e da resenha, não sei se tenho vontade de ler o livro…sei lá, nao faz meu estilo.

  13. Eita que agora fiquei super curiosa! Foi tanto elogio junto que vou atrás do livro AGORA! O que me chamou mais atenção foi por se tratar de vários assuntos sérios e vingança! E o bônus:anos 80!!! Pela capa e sinopse pensei que fosse erótico barato sabe? Tipo E.L James rs. Ainda bem que li sua resenha e mudei meus conceitos =D

  14. Fabiéle Fernandes disse:

    Esse entrará na minha lista… Depois de tantos elogios, fiquei muito curiosa!

  15. Paty disse:

    Essa menina da capa é a CARA da Ashley Greene que fez a Alice em Crepúsculo haha. Confesso que me surpreendi com a resenha e a nota dada para o livro. Achava que ele era simplesmente mais um ‘mais do mesmo’ nessa onda de livros eróticos. De qualquer maneira apesar dos comentários positivos e tudo mais, não é prioridade na minha lista de leituras e sinceramente não sei se um dia lerei, não parece ser muito o tipo de livro que eu curto, mas quem sabe um dia né 😉

  16. Daniela Marjorie disse:

    Comentei aqui mas não aparece meu comentário droga!

  17. Dani Marjorie disse:

    Eu pensava outra coisa totalmente diferente desse livro, até ler sua resenha. Achava que era apenas mais um livro erótico, ainda mais pela capa e pela sinopse, agora vejo que é algo mais sombrio, mesmo assim eu me interessei e vou ler.

  18. Dalila Souza disse:

    MISERICÓRDIA!
    To meio ahn… qual é a palavra? Acho que saturada por causa dos romances eróticos. Daí vi esse e passei batido (sem nem ler a sinopse).

    Sem puxa-saquismo, mas sua resenha me FEZ colocá-lo na minha wishlist. Não sabia que tinha sido escrito nos anos 80! E se TEM história (diferente de 50 Chibatas (pausa pra risada)), vale a pena ler, né?!

    Beijoca!

  19. Gabriela Alves disse:

    Já estou cansada dessa nova onde hot , os livros são sempre a mesma coisa , sem enredo ou personagens originais ! Ouvi dizer que muita gente não aprovou Butterfly !

  20. maria clara disse:

    Gostei da capa, mais não gosto muito de romances eróticos, não sei se gostaria muito do livro :/

  21. Aline Felizardo disse:

    Uauuuuuu deve ser incrível esse livro

  22. Thais Fogaça disse:

    Quase nunca me interesso por livros de temáticas sexuais para falar a verdade nunca, massss até que a sua resenha me conquistou…

  23. Gizeli R. Meister disse:

    Adorei a resenha, como sempre só aumentou minha vontade de ler o livro, está na minha lista de livros cobiçados, espero em breve poder ler para vim aqui dar uma opinião mais detalhada…

  24. Hellen M. Guimarãess disse:

    Quando vi essa capaaaaa, eu amei o livro. Procurei por resenhas, e adorei ainda mais. Eu li esse livro, e logo nas primeiras paginas, eu adoreeeeei. Enfim, é um otimo livro.

  25. Nattacha disse:

    haha, não pude deixar de rir do seu ultimo paragrafo xD
    Mas fiquei bem preocupada ao ler sua resenha, calma vou esplicar… pelo que tinha lido por ai esse livro foi muito taxado como mais um 50 tons da vida, e gente não é nada disso, pelo contrario acho que o foco principal do livro é bem outro né. Como eu não li ele ainda?
    Fiquei até impressionada como a autora conseguiu reunir tantos temas num unico livro sabe, e fiquei bem curiosa para ver mais como era a sociedade nos anos 80.
    Acho que vou me jogar nessa leitura, porque agora depois dos seus comentários que cai na real, que não deveria ter dado ouvidos aos outros e pelo menos ter lido a sinopse né!
    :*

  26. IngridN. disse:

    Acabei de comprar esse livro, e estou iniciando a leitura agora. Assim como muita gente, eu me vi fascinada pelos livros eróticos e eu li e gostei muito de 50 tons. Não é um dos melhores livros que eu li, com certeza não, e poderia ser melhorado em muitos aspectos, mas eu não vou ser hipócrita de dizer que eu li os três livros e não gostei. Mentira, eu li os três e gostei sim!
    E quanto ao Butterfly, a primeira coisa que me incentivou a ler e me chamou atenção foi a capa. Que é linda! E ñ só por isso: eu adoro máscaras, bailes de máscaras e tudo que for relacionado a isso. E esse gostinho de história d época – que eu adoro – eu simplesmente amei. Qnd eu li a sinopse, ñ me deu tanta vontade de ler assim, mas mesmo assim eu ñ desisti dele. E, dps eu fui procurar algumas resenhas e mais informações sobre a história, e me vi cada vez mais curiosa com ela. Comprei hj mesmo o livro e estou começando a leitura agora.

  27. Thainá disse:

    Confesso que o tema ta me cansando um pouco, mas essa é a segunda resenha que leio do livro que diz ser um HOT mais maduro e com história bem trabalhada. Comprei ele ainda agora, espero não me decepcionar. Parabéns pela resenha Leo! Muito difícil ver um homem se interessando por esse tipo de leitura. Muito bom ler uma opinião masculina sobre o livro 😉

  28. Nagato disse:

    Eu amei o livro,tambem escrevo desde dos 14 anos sobre esses temas,romance com erotismo….acho facinante…comprei os tres da serie ..

  29. Mari Ramos disse:

    Li esse livro e me surpreendi. Inicialmente achei que seria um livro hot e, sinceramente, fui bem desanimada para a leitura pois não costumo gostar de Hot. Ele era o livro do mês no TBR JAR que participo e, bem, tinha que ler.rs.

    E foi bom eu ter que ler porque gostei muito, tanto que também fiz uma resenha sobre ele no blog do conchego (não, eu não escrevi errado o nome do blog.rs. Conchego é sinônimo de aconchego. Ambos existem no dicionário).

    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/2015/04/resenha-butterfly.html

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!