A Simon & Schuster inglesa divulgou a capa de Walking Disaster, sequência da obra de sucesso Belo Desastre, de  Jamie McGuire. A previsão de lançamento é para abril. No Brasil, a Verus publicará em julho.

O livro segue a mesma história de seu antecessor, porém dessa vez Travis narra o romance. Os outros livros da saga serão protagonizados pelos irmãos de Travis.

A Warner Bros. comprou os direitos de adaptação do bestseller.

A obra conta a história de Abby Abernathy,  uma garota aparentemente simples e sem sal mas ela possui um segredo. Ela mudou de cidade e foi para uma faculdade qualquer para recomeçar. Ela quer distância de toda e qualquer encrenca e evita ao máximo chamar atenção. Ela só não contava em conhecer Travis Maddox e entrar em uma aposta para passar um mês na casa do garotão. Nesses trinta dias, ambos terão a chance de se conhecerem enquanto descobrem o que eles realmente querem e quem realmente são.

Confira a capa e um trecho traduzido do livro:

Shepley saiu de seu quarto puxando a camiseta sobre a cabeça. Suas sobrancelhas juntas. “Elas simplesmente se foram?”

“Sim,” eu disse distraidamente, enxaguando minha tigela de cereal e despejando o resto da aveia de Abby na pia. Ela mal tocou.

“Bem, que inferno? Mare nem sequer se despediu.”

“Você sabia que ela ia à aula. Deixe de ser um bebê chorão.”

Shepley apontou para seu próprio peito. “Eu sou um bebê chorão? Você se lembra de ontem à noite?”

“Cala boca.”

“É o que eu pensava.” Ele sentou-se no sofá e colocou seus tênis. “Você perguntou à Abby sobre seu aniversário?”

“Ela não disse muito, exceto que não curte aniversários.”

“Então o que faremos?”

“Dirigindo uma festa.” Shepley assentiu, esperando que eu me explicasse. “Eu pensei em surpreendê-la. Convidar alguns de nossos amigos e com America a distraindo por um tempo.”

Shepley colocou seu boné branco, puxando-o tanto para baixo que eu não podia ver seus olhos. “Ela pode fazer isso. Algo mais?”

“O que você acha de um filhote?”

Shepley riu. “Não é meu aniversário, bro.”

Eu andei em torno da mesa de café da manhã e me encostei na cadeira. “Eu sei, mas ela vive nos dormitórios. Ela não pode ter um cachorro.”

“Manter ele aqui? Sério? O que vamos fazer com um cachorro?”

“Eu encontrei um Cairn Terrier na internet. É perfeito”

“Um o quê?”

“Pidge é de Kansas. É a mesma raça do cachorro de Dorothy em Mágico de Oz.”

A cara de Shepley estava branca. “Mágico de Oz.

“O quê? Eu gostava do Espantalho quando era criança, fique quieto.”

“Vai cagar em todos os lugares, Travis. Vai latir e choramingar e… eu não sei.”

“Assim como America… tirando a parte de cagar.”

Shepley não achou graça.

“Eu vou passear e limpar. E vou deixá-lo no meu quarto. Você nem vai saber que ele está aqui.”

“Você não pode impedi-lo de latir.”

“Pense sobre isso. Você tem que admitir que isso vai conquistá-la.”

Shepley sorriu. “É disso que se trata? Você está tentando conquistar Abby?”

Minhas sobrancelhas se uniram. “Pare com isso.”

Seu sorriso se alargou. “Você pode pegar o maldito cachorro…”

Eu sorri com a vitória.

“… Se você admitir que sente algo por Abby.”

Fiz uma careta. “Vamos lá, cara!”

“Admita,” Shepley disse, cruzando os braços. Era sério. Ele realmente vai me obrigar a falar.

Eu olhei para o chão, e qualquer outro lugar exceto para o sorriso presunçoso de Shepley. Eu lutei por um tempo, mas o filhote era fodidamente brilhante. Abby vai vibrar (de um jeito bom dessa vez), e eu poderia mantê-la no apartamento. Ela estaria lá todos os dias.

“Eu gosto dela,” eu disse com os dentes cerrados.

Shepley colocou a mão no ouvido. “O quê? Não consegui te ouvir.”

“Você é um idiota! Você ouviu isso?”

Shepley cruzou os braços. “Diga.”

“Eu gosto dela, ok?” “Não é suficiente.”

“Eu sinto algo por ela. Eu me importo com ela. Muito. Não aguento quando ela não está por perto. Feliz?”

“Por enquanto,” disse ele, pegando sua mochila do chão.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2252 pessoas visitaram
Publicado em 01/03/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Bell disse:

    aiii minha nossa, pirando agora. Eu gostei de belo desastre e to doida bpra ver o travis narrando.

  2. Laís Tomaz disse:

    Owwwnnn Adorei!
    Quero muito ler esse também!

  3. Vivian disse:

    Infartando em 3,2,1!! Traviiiiiis!

  4. M@ri@ C@rolin@ Recife PE disse:

    Ai meu deussss
    Preciso urgentemente ler esse livro …
    Teremos que esperar até Lulho …
    E sobre o filme …
    Nada ainda … Nem mesmo o elenco principal …

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!