Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Páginas: 432
Classificação: 3/5 estrelas

Em O Resgate do Tigre, Kelsey voltou aos Estados Unidos para começar um novo semestre letivo, muito mais rica e sentindo saudades de seu tigre branco. Quando Ren decide ir atrás dela e eles começam, finalmente, a dar um real chance ao romance entre eles, o pior acontece e Lokesh captura Ren.

Agora, está nas mãos de Kelsey e do gato (miau!) e sombrio irmão de Ren, Kishan, desvendarem a profecia e conseguirem o segundo presente de Durga, antes que a vida e a mente de Ren se percam para sempre.

Ah, que mártir foi esse livro! Se há um livro onde a autora se perdeu na narrativa, esse é O Resgate do Tigre. Apesar de a trama por si só ser forte o suficiente para me conquistar, não tem como negar que Kelsey, desde o final de A Maldição do Tigre, vem tornando-se chatinha e pedante.

Calma, não desista do livro por isso. Afinal, perto da metade do livro a heroína voltou a ser mais divertida. Agora é rezar para que o mal que a acometeu durante as páginas anteriores não retorne.

É engraçado que mesmo o livro não sendo tão bom eu não trocaria ele por nenhum outro, e é incrível a forma como a autora brinca com o leitor. Por mais que eu critique negativamente o livro, ele é viciante.

O Resgate do Tigre, em suma, é um livro escrito para expelir toda a magoa. Se você conseguir chegar até o final (é difícil, mas eu sei que você consegue),  é provável que você volte a gostar de Kelsey. É uma prova de Durga para os leitores, sem dúvidas.

E há também a aventura deliciosa, recheada de mitologia e lendas, e mais dois tigres gostosinhos, que fazem essa Kelsey irritante mais fácil de descer. Sim, eu ainda recomendo a saga A Maldição do Tigre, mas vamos ver até quando…

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2976 pessoas visitaram
Publicado em 27/01/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Eu gostei dele apesar das lamúrias de Kelsey no inicio e aquele retorno estranho de Ren, que poderia ter acontecido antes e evitado muitas páginas e lágrimas.
    A viagem do tigre é muito melhor, a Kelsey cresce muito, mas o triangulo amoroso peca, e muito.

    Beijos
    http://www.leitoraincomum.com

    1. Gabrielle disse:

      Eu concordo, Fe. Li A Viagem já e gostei, mas o romance ainda é tosco demais -,-

  2. Aysla disse:

    oh, comecei a lê-lo hoje. Kelsey pare com seus “mimimi”

  3. Aline disse:

    Adorooooooooooooooo!!!

  4. Joanalia disse:

    Bem, eu li o Resgate, e comecei a viagem, e digo, a escritora, anda se perdendo muito na narrativa dessa saga. A maior parte do Resgate é chata, mas chegando no final tem uma pegada boa, devorei. Iniciei a viagem mais animada, pensando que o personagem de kelsey teria amadurecido mais e que o enredo iria se desenrolar melhor. Ledo engano, aprox. depois de 100 paginas lá está a imaturidade da protagonista, e a narrativa se perde de novo. Não sei se é porque sou uma mulher de 40 anos lendo um romance de dois adolescentes, mas não aguento a discurssões entre Ren e Kelsey, principalmente da parte dela, totalmente sem lógica, irritante. Vou ler, porque a idéia geral da história é boa, mas, esses dois tigres mereciam uma protagonista melhor.

    1. Gabrielle disse:

      EXATO, Jo! Me decepcionei bastante, a escrita é ótima, mas é tanta enrolação, o romance não encaixa

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!