Autora: Colleen Clayton
Editora: Little Brown Books for Young Readers
Páginas: 320
Classificação: 3.5/5 estrelas

No romance de estreia de Colleen Clayton (sério que é um romance de estreia?), a vida de uma garota muda repentinamente após ser estuprada.

Cassidy “Sid” Murphy era uma garota normal, animadora de torcida apesar de não ser magérrima e com duas melhores amigas que fazem seu dia a dia na escola valer a pena. Mas quando ela parte em uma viagem para esquiar com suas amigas ela não esperava conhecer Dax Windsor, um estudante universitário que acabou com a vida que ela conhecia. Ele arranca tudo dela, e ela não consegue se lembrar de nada.

— Sinto muito.
— Eu também.

Em casa, Sid já não consegue dormir, tornou-se uma corredora noturna, e está fugindo de suas amigas. E pouco a pouco tudo continua a piorar. Ela já não consegue mais acompanhar seus estudos e suas maiores preocupações são perder os quilos que tem em excesso e acabar com os pesadelos para que tudo volte a ser perfeito, ou isso ela acredita.

E enquanto tenta lidar com sua nova vida, Sid conhece Corey Livingston, um cara com fama de maconheiro e delinquente que adiciona seus próprios problemas a trama e também se torna um apoio para Sid enquanto os pesadelos continuam e ela perde mais e mais peso.

“Você é linda, Sid”, ele disse, tirando o cabelo do meu rosto. “E eu nunca disse isso antes porque parecia tão óbvio para mim, tão claro. Eu não disse porque não queria que você achasse que as coisas que eu digo para você são apenas coisas. Elogios vazios para transar com você. Eu queria que o que eu digo para você fosse extraordinário, porque é isso que você é para mim. Extraordinária. E eu sinto muito por não dizer isso antes porque eu acho que você precisava ouvir isso. Você era linda um ano atrás e você é linda agora.”

Mas afinal há vida depois de um estrupo? O quão forte é o abalo psicológico que as vítimas sofrem? Eu não acho que dá para passar esse sentimento, nunca vamos nos sentir como a vítima se sente, mas Colleen chegou perto do feito, por incrível que pareça.

Quero correr, mas algo dentro de mim não aguenta mais.

Existem várias formas de automutilação e varias razões que levam um ser humano a tal ponto, e o jeito que a autora abordou isso e a obssessão de Sid em emagrecer também foi inédita e emocionante. What Happens Next só perdeu pontos pela forma abrupta como foi finalizado. Com pouco mais de trezentas páginas, Colleen Clayton resolveu toda a trama em menos de um capítulo e isso me irritou. Mas se tratando de um romance de estreia, é inegável que a autora começou muito bem.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4307 pessoas visitaram
Publicado em 05/01/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Maura leva o lencinho aos olhos e enxuga as lágrimas.

    Hoje eu estou emotiva, Gabis, já chorei assistindo Eu sou a Lenda – não ria, rs e sei que se um dia ler esse livro, vou chorar chorar chorar até toda a água de meu corpo se esvair…

    Ah, qual é o nível de inglês, Gabis?

    Beigos!

    1. Gabrielle disse:

      Intermediário meia boca, Maah hsuahsuahuas

  2. Gabe disse:

    simplesmente amo livros nesse estilo *-*

  3. Júlia disse:

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas sua resenha me interessou. Além da capa que é muito bonita. Espero que esse livro seja lançado no Brasil em breve. Otima resenha, parabéns.

    Beijos, Júlia
    Declarações de Inverno

  4. Roberta disse:

    Eu gostei mto da sua resenha e por isso queria saber onde vc acha esses livros e se ja tem digitalizados em portugues, se tiver me passa o site por favor. Obrigada 🙂

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!