Autor: George R. R. Martin
Editora: Editora Leya
Páginas: 592
Classificação: 4,5 / 5 estrelas **

Estou aqui para apresentar-lhes o maior e mais complexo Universo do mundo literário, após Tolkien e sua Terra Média: Bem vindos à Westeros.

Em A Guerra dos Tronos, primeiro volume da aclamadíssima saga As Crônicas de Gelo e Fogo (ou ASOIAF, acrônimo da saga em inglês e muitíssimo mais fácil de escrever), temos um mundo novo. Porém, não tão novo quanto se espera a cada vez que se compra o primeiro volume de uma saga ou até mesmo um livro solo. Não entenderam nada não é? Eu explico, acalmem-se.

O cenário medieval é algo batido na literatura mundial. Seja ela fantasiosa ou não, temos perfeitos exemplos de obras ambientadas em eras medievais (de Tolkien e seus Hobbits à Cornwell e suas Crônicas de Artur) que passeiam em nossas mentes com carinho. Mas George R. R. Martin foi além. Ele trouxe para esse mundo medieval uma escrita robusta, pesada, descritiva. Cansativo, às vezes, não vou negar, mas ainda assim perfeita. O autor tem nessa escrita uma instigação tão grande, um objetivo que torna o livro vivo: te transportar para Westeros e Essos; te fazer sentir o frio da Muralha, o calor humano dos bordeis de Porto Real e os intenso e árido desgaste do deserto no Mar Dothraki.

Claro que existe outro ponto principal que faz de ASOIAF uma saga que veio para ser o Senhor dos Aneis da nova geração (e por que não ocupar um espaço ao lado dos hobbits no coração da antiga geração de leitores?). O modelo de capítulos, com PoV (Points of View, ou pontos de vista em tradução livre) de diversas personagens faz com que todo o mundo da saga seja coberto. E descoberto à cada passo de cada personagem, à cada capítulo. E a melhor notícia? Já existem publicados no Brasil os cinco primeiros volumes da série, que continua em produção e terá um total de sete volumes (o próximo volume deve ser publicado nos Estados Unidos por volta do começo de 2014, talvez 2015). Mas chega de falar disso. Vamos entrar agora nas tramas que se desenrolam ao decorrer de  cada página de A Guerra dos Tronos.

Roberth Baratheon, rei de Westeros, é um beberrão que prefere gastar seu tempo caçando javalís e tendo relações com prostitutas do que realmente comandando o reino que tem nas mãos. Para isso, porém, ele conta com a Mão do Rei, um cargo de grande importância e que todos os cavaleiros sonham em obter. A trama do livro começa com a morte de John Arryn, o última Mão. Com isso, Roberth se vê compelido (feliz, eu diria) a se mover até o Norte do reino para convocar à Eddard “Ned” Stark para o cargo. Com a ida de Roberth e parte de sua família para o Sul é desencadeada uma trama de poder. Um verdadeiro jogo de tronos.

Quando você joga o Jogo dos Tronos, ou você vence ou você morre

– Rainha Cersei Baratheon

Paralela à essa trama temos John Snow e sua escolha de se juntar à Patrulha da Noite, uma Irmandade que vive ao extremo norte e protege a Muralha contra invasões de Selvagens. Bastardo de Ned Stark, John se vê a todo momento indagando sobre seu lugar no Mundo em que vive e decide por se juntar à Patrulha para poder em fim fazer a diferença.

Por fim, temos a terceira (e em minha opinião a mais interessante) das três tramas correntes em A Guerra dos Tronos: Daenerys Targaryen em Essos. Daenerys (ou Danny) e seu irmão Viserys são os dois ultimos descendentes vivos da família Targaryen. Antigos governantes de Westeros, a família Targaryen era conhecida por obter o sangue de dragões correndo em suas veias uma vez que eram a única família de todo o mundo a realmente ter vivido e domado-os. Destruída na guerra em que Robert Baratheon tomou o trono, acreditava-se que estavam para sempre extintos. E com a ambição de ter de volta seu lugar de direito Viserys e Danny buscam o poder necessário para dominar Westeros percorrendo o continente de Essos atrás de poderio militar e político. O interessante nessa linha do livro, para mim, é o fato de que observamos um crescimento espiritual e mental enorme, um verdadeiro amadurecimento precoce em Daenerys. Afinal ela é a penas uma menina de 13 anos que está em torno de uma vingança que certas vezes julga não ser dela.

É em meio a tantas tramas que aos poucos se entrelaçam que nos vemos imersos em um verdadeiro jogo político, militar e de ambições por justiça. Com certeza vocês vão se apaixonar por um ou outro personagem. Ou por vários. Mas não se atenham à esses amores. Em Westeros e Essos você só pode ter amor a sí próprio, pois até sua espada pode traí-lo. E cuidado, pois “O Inverno Está Chegando“.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4129 pessoas visitaram
Publicado em 19/12/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Juan Silva disse:

    Oi Gabi, tudo bem?

    Sempre tive vontade de ler esse série e depois dessa resenha tomei mais gosto ainda. kkkkk. Assisti apenas os primeiros episódios da série e achei super foda. Daenerys é minha personagem favorita e mal posso esperar para ler as obras *-*

    Beijos,
    Juan Silva.

  2. Camila disse:

    Oi Gabis, concordo com você, esse é um livro intenso e que te traga, talvez não seja possivel ler o livro todo de uma vez por causa da complexidade que o Sr. Martin deu aos seus personagens, mas com certeza vale a pena cada página virada, meu personagem preferido é Tyrion Lannister sua enorme inteligência me assusta ás vezes…rsrsrsrs
    Beijos, Camila

    1. Caio disse:

      Muito obrigado! Sim, de fato é um livro que vai demandar um tempo enorme e uma garra mais forte ainda para lê-lo por completo. Mas ele simplesmente te suga HAHAHAHA’ Daqui a uns dias eu faço a resenha dos dois livros seguintes, fica ligada ;]

  3. Maria Silvana disse:

    Oie =)
    Então só tenho lido coisas boas a respeito desse livro| dessa série.
    Ainda não li e nem sei quando irei fazer isso por dois fatores, primeiros são muito volumosos e não tenho muito tempo por conta do trabalho e segundo quando se trata de série gosto de ter todos os livros antes de começar a ler e não tenho nenhum ainda.
    Mais creio que irei gostar.
    legal tua resenha.
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Coisas que me Acontecem
    Felicidades nos Livros
    @Maaria_Silvana

  4. Essa com certeza é a melhor resenha que eu já li. O modo como você descreveu Westeros é realmente o que George R. R. Martin nos proporciona, com mínimos detalhes, tornando o livro uma verdadeira viagem. Já li o primeiro volume e estou lendo A Fúria dos Reis no momento, não posso esperar até chegar em Dança dos Dragões! As Crônicas de Gelo e Fogo é com certeza a melhor série da atualidade!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!