Autora: Katie McGarry
Editora: Harlequin Teen
Páginas: 392
Classificação: 4.5/5 estrelas

Pushing the Limits, inacreditavelmente, é o romance de estreia de Katie McGarry. Narrado tanto por Noah quanto por Echo (Echo… Echoo… Echooo… desculpa, não resisti), é um romance sobre a chance de amar novamente e o quão longe eles vão para curar feridas do passado.

Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson transformou-se da garota popupar em uma garota que todos taxam de louca com feridas no braço. Mesmo ela não consegue lembrar-se do que aconteceu. Tudo o que ela quer é voltar a ser normal.

Todos fizeram as mesmas perguntas e prometeram ajudar, mas cada um deles me deixou na mesma condição em que me encontraram: quebrada.

Já o sexy Noah era popular e um grande jogador, mas quando perde seus pais em um incêndio e ele e seus dois irmãos mais novos entram no programa de adoção, sua vida muda drasticamente. Pior, depois que bateu em seu pai adotivo, ele está proibido de visitar Jacob e Tyler. Agora, com a nova terapeuta, ele tenta descobrir onde eles estão para lutar pela guarda deles.

Echo e Noah não deveriam ter nada em comum mas estão dispostos a tudo para ajudar um ao outro. Mas com o passado pesando em suas costas, um romance talvez seja impossível.

Aprendi do jeito mais difícil a nunca confiar em ninguém.

Esse é um livro tão melancólico, triste e apaixonante. A luta de Noah por seus irmãos, a imagem que eles possuem dele, e a amor de Echo por seu falecido irmão, me emocionaram. A cada página a autora demonstra o amor incondicional deles enquanto também mostra o descaso com que tratam Echo e a vida de drogas e mulheres de Noah e como ambos mudam drasticamente quando entram na vida um do outro. Noah é quente, superprotetor e um ombro amigo, o sonho de toda garota, e deixa muitos mocinhos no chinelo.

—Não melhora nunca, —disse— A dor. As feridas vão se curando dentro de você e aí você não sente como se uma faca estivesse enterrada na sua pele. Mas quando você menos espera a dor volta para te lembrar que você nunca mais será a mesma.

Esse livro é tão cheio de dor e mágoas que em vários trechos fiquei com raiva. Raiva da família de Echo, de seu pai e como ele a abandonou em vários momentos essenciais de sua vida, raiva do sistema que acabou com Noah, raiva do destino. Já o drama me rasgou por dentro e quase me fez chorar feito uma bebezona. Resumindo, fiquei um tanto bipolar, claro.

Um dia, ela se daria conta de que era muito boa para um perdedor como eu e quando ela for embora eu não vou saber o que fazer, não vou saber lidar com a dor.

E a superação, confiança e amizade em vários personagens como os melhores amigos dos protagonistas e os irmãos dos mesmos fez todo o livro mais verídico. Quando eu vi que esse era o romance de estreia de Katie McGarry fiquei boba. A mulher não só escreve bem, ela vicia, e não acho que isso seja sorte de principiante. As páginas passaram voando e um livro de — quase — quatrocentas páginas é muito pouco quando se trata de um romance escrito por ela. Eu quero mais e estou louca para ver qual vai ser a editora nacional esperta o suficiente para correr atrás de seus livros. Pushing the Limits vale o investimento, sem dúvidas.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4947 pessoas visitaram
Publicado em 26/11/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Hortência Gonzalez disse:

    Adoro romance de superação! Quando o sentimento vai crescendo e se torna algo lindo.
    Vou atrás dessse livro! Obrigada por mais uma dica.
    bjão!

    1. Gabrielle disse:

      O livro é exatamente isso, superação *-*

  2. Dalila Souza disse:

    Ai ai! Fiquei curiosa com esse livro.
    Vai direto pra wishlist!
    O único problema é que ainda to tentando ter coragem de ler um livro em inglês DESSE tamanho…

    Beijos!

    ps.: tá popupar.

    1. Gabrielle disse:

      Eu fiquei com dó de começar pelo tamanho tb, Dah, mas depois do primeiro capítulo o livro te pega sabe. Para quem gosta de romance, eu indico

  3. Helena disse:

    Esse livro é tão fofo rs… a história dos dois e dolorosamente linda!
    Super indico!

    Li no blog da autora q o próximo livro será sobre a Beth, será lançado em 2013.

    1. Gabrielle disse:

      É, Helena, já consta no goodreads o livro até, só falta a capa. Fiquei tao triste, queria mais de Noah e Echo rsrs

  4. Parece legal, apesar de não gostar muito do gênero. Mas vou esperar pra tirar maiores conclusões.

    Valeu o post. Bjão.

    1. Gabrielle disse:

      É bem um romance dramatico, Gus, mas sem abusar sabe (isso me irrita tanto). Muitos homens gostaram rsrs

  5. Cris Aragão disse:

    Parece emocionante de verdade.

  6. Nicole Lilian disse:

    Eu tbm ficava com raiva da família da echo lendo esse livro, esse livro mexe muito com a gente, queria mais do noah e da echo me apaixonei pelos dois.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!