Confira alguns dos livros que teve os direitos de publicação comprados pela editora Valentina:

Garota Tempestade (Jane True #1), de Nicole Peeler

Vivendo na pequena cidade de Rockabill, Jane True sempre soube que nunca se encaixaria no modelo de normalidade que a sociedade tenta impor aos jovens. Durante o dia ela é uma jovem atendente de livraria, mas durante a noite… gosta de dar suas nadadas noturnas no mar (isso é um segredo!). Numa dessas escapadas clandestinas, num dia congelante de inverno, ela encontra uma vítima de assassinato, e tal acontecimento, dos mais esquisitos de sua vida, a leva a surpreendentes revelações sobre sua linhagem: Jane é apenas uma meio-humana. Agora ela terá que penetrar um mundo sobrenatural, onde criaturas são, ao mesmo tempo, horripilantes, belas e mortíferas – adjetivos que recaem perfeitamente sobre seu novo “amigo”: Ryu, um gatíssimo e poderoso vampiro. Um mundo onde tudo é possível e nada é para sempre: um cão é capaz de curar com uma simples lambida, espíritos carregam suas compras, e, seja lá o que você faz, nunca, nunquinha mesmo, esfregue a lâmpada do gênio.

Speak, de Laurie Halse Anderson

“Fale sobre você… Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, logo que começou o 2º grau no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, um teatro do nonsense típico, interpretado para os calouros. Ela não tem amigos, foi jogada para escanteio. Não é de admirar; afinal, Melinda ligou para a polícia, acabou com a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários amigos para a cadeia. E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra ou dedicam alguns minutos de atenção. Com o passar do tempo, Melinda se isola e emudece. Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seus trabalhos e de seu projeto artístico que reagirá e enfrentará a realidade: O que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?

Nascido para as trevas (Fighting Destiny #1), de Suzanne Brockmann

Num futuro não tão distante, onde um grupo de seres humanos alcançaram poderes e desenvolveram capacidades inimagináveis, ativando regiões do cérebro antes adormecidas, uma droga chamada destiny promete a todos que a consomem as mesmas habilidades deste grupo de seres extraordinários. Mas será que destiny realmente entrega o que promete? BORN TO encontra o equilíbrio perfeito entre a tensão do suspense e o arrebatamento das paixões. Alta tensão e muito prazer do começo ao fim.

Incarnate (New Soul #1), de Jodi Meadows

ALMANOVA

Ana é nova. Por milhares de anos, no Range, milhões de almas vêm reencarnando, num ciclo infinito, para preservar memórias e experiências de vidas passadas. Entretanto, quando Ana nasceu, outra alma simplesmente desapareceu… e ninguém sabe por quê.

SEM-ALMA

A própria mãe de Ana pensa que a filha é uma sem-alma, um aviso de que o pior está a caminho, por isso decidiu afastá-la da sociedade. Para fugir deste terrível isolamento e descobrir se ela mesma reencarnará, Ana viaja para a cidade de Heart, mas os cidadãos de lá temem sua presença. Então, quando dragões e sílfides resolvem atacar a cidade, a culpa deverá recair sobre…

Rin Tin Tin: A Vida, a Lenda, de Susan Orlean

Ele acreditava que aquele cachorro era imortal. Assim começa o detalhado e poderosamente tocante relato da jornada de Rin Tin Tin — desde um abrigo para cães, quando ainda era um pobre filhote a espera de um dono, passando pelo show business até a transformação em um dos grandes ícones universais de todos os tempos. Susan Orlean, redatora da New Yorker e considerada pelo Washington Post “uma joia rara do jornalismo norte-americano”, dedicou aproximadamente 10 anos de pesquisa e investigação jornalística neste que pode ser considerado seu mais surpreendente e cativante livro.

Delícia, Delícia (O Clube do Cupcake #1), de Donna Kauffman

Quando a doceira de mão cheia Leilani Trusdale deixa Nova York rumo à tediosa Sugarberry Island, seu passado resolve ir junto na forma de seu ex-chefe, Baxter Dunne. O sujeito, também conhecido como Chef Delícia, quer fazer um programa de TV mostrando seu processo criativo na aconchegante doceria local, e isso logicamente inclui suas pequenas grandes criações — deliciosos cupcakes.Da última vez em que trabalharam juntos, os olhos sedutoramente achocolatados de Baxter e seu sexy sotaque britânico fizeram a boca de Lani ficar cheia d’água e suas bochechas, rosadas como uma mousse de frutas silvestres. Os amigos de Lani estão convencidos de que Baxter é o ingrediente que falta na receita de vida da moça: SER FELIZ! Entretanto, convencê-la não será um trabalho fácil; na verdade, será um trabalho para o próprio Baxter, e, dessa vez, ele vai precisar de mais do que uma simples cobertura de brigadeiro com raspas de chocolate belga.

Desalmada (O Protetorado das Sombrinhas #1), de Gail Carriger

Pra começo de conversa, ela não tem alma. Ah… e é solteirona, filha de pai italiano e morto-vivo. Achou pouco?, tem mais: foi brutalmente atacada por um vampiro, causando a imediata ruptura com todas as etiquetas sociais estabelecidas. E agora? Que direção deverá tomar? A coisa, aparentemente, está indo de mal a pior, mas, pelo menos, Alexia matou o vampiro, e o assustador Lorde Maccon (vociferante, encrenqueiro, belíssimo e… lobisomem) foi designado pela rainha Vitória para solucionar o caso. Com inesperadas aparições vampirescas e também esperados sumiços vampirescos, todos se mostram favoráveis à tese de que a culpada é Alexia. Será ela capaz de descobrir o que está assolando a alta sociedade londrina? Sua inerente habilidade de sem alma para negar poderes sobrenaturais se provará útil ou a colocará numa situação embaraçosa? E, finalmente, quem é seu real inimigo?

Par Perfeito, de Eleanor Prescott

Não está sendo fácil encontrar o homem dos seus sonhos? Pois bem, então pare de sair por aí batendo cabeça, entrando em roubadas homéricas e espatifando a cara a cada encontro. Está mais do que na hora de você procurar uma profissional na curiosa arte de encontrar o par perfeito. Alice Brown, até que provem o contrário, tem o melhor emprego do mundo. Ela é o que antigamente se chamava de casamenteira, uma profissional especializada em encontrar a tão sonhada “outra metade da laranja”, o amor da sua vida, o fogo e a paixão. Alice passa os dias ajudando mulheres a se apaixonar loucamente. Suas clientes, e… ELA TAMBÉM, é claro, estão ansiosas para conhecer um príncipe encantado. O problema é que é muito mais fácil encontrá-los para as clientes. E, por falar nelas, a última que apareceu, Kate, está a exatos 569 dias de fazer 35 anos e há exatos 5 anos atrasada nessa missão de vida. A dificuldade é que seu, digamos, padrão, está fora dos padrões. Desesperada, isso mesmo, desesperada para encontrar aquele gato, lindo, perfeito, romântico, carinhoso, bom de cama, atencioso, gostosão, charmoso, UFFFFFFA, ela sabe que sua última esperança recai sobre Alice. Enquanto isso, a própria Alice está tendo probleminhas para lidar com seu chefe, e problemaços para parar de se apaixonar pelo homem alheio. E se nada der certo? E se ela falhar com Kate? E se, ela mesma, estiver precisando de uma ajudinha profissional?

Graffiti Moon, de Cath Crowley

Chegamos ao último ano do colégio e Lucy está apaixonada por Shadow, um misterioso grafiteiro cujo trabalho, especialmente seus pássaros que fazem das paredes poleiros, pode ser admirado por toda a cidade. O problema é que ele não pode ser encontrado. Ed achava que estava apaixonado por Lucy, até que ela quebrou o nariz do cara. Dylan ama Daisy, mas tacar ovo na garota não foi uma boa maneira de expressar seus sentimentos. Jazz e Leo estão devagarzinho começando a se conhecer. Ed, nesse momento, é o último cara que Lucy quer ver na vida. O problema é que só ele sabe onde encontrar Shadow. Ed, então, sai com a garota numa busca frenética noite adentro, pelos lugares onde ecoa a arte do grafite, onde os muros guardam os amores e desilusões de Shadow.

My Life Next Door, de Huntley Fitzpatrick

A afetuosa família Garret é tudo que a família Reed não é: casa cheia, festa, bagunça, coração de mãe. O problema é que eles são… vizinhos. E, todos os dias, da sacada de casa, Samantha Reed, 17 anos, sonha em fazer parte da outra família. Até que, numa noite quente de verão, Jase Garrett escala o muro e muda tudo. A paixão é avassaladora e recíproca, e a família de Jase adota Samantha como se ela sempre tivesse sido uma Garret. Entretanto, como que instantaneamente, uma bomba estoura na vida da garota que agora precisa tomar a decisão da sua vida. Em qual das famílias perfeitas reside a sua salvação?

Houdini’s Daughter (The Ghost Club #1), de Teri Brown

Anna Van Housen tinha apenas 13 anos quando livrou a mãe da prisão pela primeira vez. Aos 16 já possuía a malandragem necessária para sobreviver nos ambientes mais inóspitos, assessorando a mãe, a renomada médium Marguerite Van Housen, no palco onde apresentava suas, digamos, sessões espíritas. Mãe e filha dominavam e transitavam com facilidade o submundo dos mágicos, médiuns e sensitivos na Nova York dos anos 1920. Escapar de algemas e amarrações faziam parte do ilusionismo e esses truques nunca assustaram Anna. A grande magia, na verdade, era manter em segredo seus dons, principalmente do oportunismo da mãe, uma mulher que não media esforços e usaria de toda e qualquer artimanha em sua busca insana pelo posto de maior médium de todos os tempos. Entretanto, quando um estranho e sisudo jovem se aproxima das apresentações, introduzindo a garota numa sociedade secreta que estuda pessoas dotadas de dons como os dela, ele ameaça revelar os segredos que Anna arduamente tanto lutou para manter longe dos curiosos, forçando-a a encarar a verdade por trás de seu passado.Seriam reais todas aquelas histórias que a mãe lhe contava? Seria Anna, de fato, a filha do maior mágico de todos os tempos?

4 –  Richelle Mead no Brasil

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2648 pessoas visitaram
Publicado em 17/10/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Mareska disse:

    Gente, praticamente só tem coisa boa =O SOULLESS É VIDA

  2. Patricia Andrea Peña disse:

    Livros bastante interessantes! Mas o que com certeza vou comprar é Nascido para as trevas (Fighting Destiny #1), de Suzanne Brockmann
    , já li dois livros da autora e amei a escrita dela, além disso ela e a J.R. Ward são amigas e a J.R. teve inspiração para IAN graças a Suzanne 😀
    Bj,
    Pati
    @PatriciaADavis

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!