Autora: Laurie Frankel
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 240
Classificação: 3/5 estrelas

O que você faria se descobrisse que está grávida de uma pessoa sete anos mais nova que você? E essa pessoa te abandonasse? Levando-se em conta que você nem ao menos sabe cozinhar? É isso que acontece com a personagem principal de O Atlas do Amor.

Na história Jill é uma mãe solteira que foi abandonada pelo namorado que não está preparado para ser pai. Jill não sabe o que fazer, pois, não tem nenhuma habilidade doméstica e, além disso, não tem tempo para cuidar de um bebê. Em uma vida atarefada entre trabalho e pós-graduação ela deve conseguir conciliar seu tempo e criar Atlas. Mas quem disse que ela está sozinha? Suas amigas Janey e Katie decidem morarem com a amiga e o bebê para ajuda-los.

Por estar mais acostumada a leitura de sobrenatural, eu particularmente gostei da temática do livro. O Atlas do Amor é um livro que fala de todos os desafios de um problema atual: ser mãe solteira. O interessante é que nessa obra, a mãe não está sozinha, já que tem suas amigas ao seu lado. O que me decepcionou um pouco foram as atitudes de Jill no final do livro, por tudo que suas amigas fizeram por ela, ela deveria ter sido um pouco mais bem agradecida.

Por ser narrado por Janey, eu esperava que fosse abordada mais sua história. E esse foi outro ponto que me decepcionou. Janey apenas narrava a história, mas não nos era contado muitos detalhes a respeito de sua vida. E acho que a autora pecou nisso, pois, se explorada, acredito que a história de Janey também teria sido muito interessante.

Em suma, é um bom livro, onde nos é mostrado o valor da amizade. Além de te tirar algumas risadas, porque imagine três amigas que não são muito fã de cozinha e de limpar casa cuidando de um bebê. Eu o recomendo para qualquer um que deseje uma leitura leve e rápida e que deseje fugir um pouco do sobrenatural.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
6083 pessoas visitaram
Publicado em 15/09/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Suellen disse:

    Gostei da resenha e leria esse livro.

  2. Cris Aragão disse:

    Parece se tratar de uma história leve e descontraída, bom para um fim de semana chuvoso.

  3. Alessandra disse:

    Eu nao conhecia este livro, mas acho que será uma boa leitura.
    Vou colocá-lo na lista de futuras compras.
    Valeu pela indicação.

  4. Thais Simão disse:

    eu estou louca de vontade de ler esse livro…

  5. Gosto de histórias que contém um grupo de amigas que interagem, esse livro deve ser divertido.
    Beijos… Elis Culceag.
    http://www.arquivopassional.com

  6. vivi lemes disse:

    parece ser legal esse livro, elas devem ser bem atrapalhadinhas mesmo! mas nao sei se é o tipo de leitura que eu iria gostar.. acho que esse vou passar! =/

  7. Esse livro parece bom para quando se esta um pouco a fim de ler algo mais leve diferente. Apesar de ele abordar um tema que é bastante comum hoje em dia que a questão de ser mãe sorteira parece ser uma leitura bem legal.
    Beijão

  8. Dany disse:

    Gotei da resenha, mais não sei se leria o livro.
    Achei que a história não me conquistou.

  9. Khrys Anjos disse:

    É o que chamo de leitura Sessão da Tarde. Me parece ser legal por mostrar o laço de amizade das três mulheres.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!!

  10. Cristiane Silva disse:

    Livro interessante esse, mas confesso que não tenho vontade de ler. Não achei a minha cara….

  11. Daniel Pereira disse:

    Já tinha ouvido falar dele e é bem interessante.

  12. plot bem interessante! e um problema bem comum entre as mulheres e mães solteiras

  13. Ingrid disse:

    Nossa,acho que esse livro parece ser bem legal e interessante.
    OMG vou falir rsrs.

  14. Gih Calabrese disse:

    Vi esse livro na bienal, adorei o nome, é explorador!

  15. Ja tinha visto alguns comentários sobre esse livro, e sua resenha só despertou ainda mais a vontade de ler o mesmo.

  16. Yassui Fortes disse:

    Com certeza vou lê-lo!

  17. Luciana Machado disse:

    fiquei interessada.

  18. Oie,
    nunca tinha visto esse livro, mas adorei sua resenha, mesmo sua nota não sendo uma das melhores rs

  19. Laís Turaça disse:

    Que legal a história, é diferente! Tb estou acostumada com história sobrenatural xD
    Mesmo vc contando que não gostou das atitudes da Jill no final do livro, eu vou ler para dar umas risadas kkk

  20. Esse livro me é totalmente desconhecido. Mas gostei da sua resenha. Vou colocá-lo na minha lista de desejados para ler.

  21. Manu Hitz disse:

    Que tema super atual!
    Imagino que deve ter muitas dificuldades nesse caminhar de mãe de primeira viagem e ainda solteira. COmo essas amigas vão ajudar? E o que a protagonista fez para parecer ingrata? Fiquei curiosa.

  22. lucia sindeaux disse:

    Gostei bastante da resenha, o tema abordado de uma mãe solteira se desdobrando pra aprender a ser ‘mãe/dona de casa’ me parece ser um livro bem engraçado.

  23. Sandra Duarte disse:

    Adorei a resenha, tipo de livro que adorooooo. Vai entrar p/ alista de livros que quero ler.

  24. karen andrade disse:

    EU QUERO FUGIR!!! rsrsr o que esta acontecendo com esses autores?com essas continuações,que continua,e continu… já add no skoob e quero ler muito em breve. ótima resenha

  25. Bem linda a capa desse livro! (:
    A história do livro, me lembra muito um filme que eu já vi, mas não lembro o nome !
    Parece ser divertido, e enquanto lia essa resenha fiquei imaginando, as cenas do livro, o quanto seria engraçado! (:
    Gostei da resenha !
    Beijoos :*

  26. Joice Cristine disse:

    Interessante enfrentar um problema atual com comédia, mas estou em duvida se leio…

  27. cinthia oshiro disse:

    parece um livro leve, com um romance tratado com bom humor

  28. Dani Marjorie disse:

    Adorei!!!
    O tipo de livro básico e rápido que deixa vc contente só pela leitura…

  29. Dani Marjorie disse:

    Adorei!!!
    O tipo de livro básico e rápido que deixa vc contente só pela leitura…

  30. Gizeli Regina Meister disse:

    Com certeza vou ler, as vezes e bom voltarmos para real, e quem sabe não consigo alguma dica no livro. Sou mãe solteira e sei as dificuldades que é pra criar um filho e construir uma vida. Parabéns pela resenha!!!!

  31. thaila oliveira disse:

    que história envolvente, parece bem bonita e com uma linda historia a ser tirada, Jill deve passar por momentod dificeis no livro conforme a gravidez evolui e tal. não conhecia o livro mais gostei muito! Parabens pela resenha 🙂

  32. A temática é realmente diferente, para mim. Não leio coisas muito desse tipo, mas deve ser interessante ver a vida de uma pessoa assim. Como dito da resenha, é também algo que acontece muito na atualidade…
    Enfim, eu não estou super interessado, mas se caísse em minhas mãos, leria… haha

  33. Faz pouco tempo que eu estou lendo livros não sobrenaturais, e mesmo assim sempre pego uma temática que vai além do que é normalmente abordado.
    Mesmo sendo uma leitura rápida acho que pode valer a pena, para aqueles dias que você não tem mais nada a fazer ou no caminho para o trabalho, mas eu não chegaria a comprar. O bom para Jill é que por mais que ela não tivesse todas as habilidades como mãe e dona de casa ela teve a ajuda de suas amigas, só que o fato de ela ser mal agradecida e a narrativa não ser tão detalhada e explorativa me desanimou…

    bjs

  34. Fernanda disse:

    Vejo que deve ser bonitinha a história e com senso real. ^^ Eu fico afundada dentro do sobrenatural, mas é bom passar um tempo com o que acontece de verdade.

  35. Débora Gimenez disse:

    Olá,
    Parabéns pela resenha, me interessei bastante pela história… Pois conheço diversas pessoas que já passaram pela mesma situação. Só estou com medo dessa parte da ingratidão e talz… Acabei de ler um livro que teve um final parecido e isso me deixou com uma pequena parcela de raiva oO

    De qualquer modo, acho que é um bom investimento um livro mais real!

    Beijos

  36. Carolina Araújo disse:

    Adorei a capa desse livro. E as resenhas que eu já li dele me deixou bem curiosa sobre a história. Não sei porque, mas me lembrou um pouco Juno. Beijos.

  37. Vanilda Procopio disse:

    Eu também estou que é só sobrenatural na minha cabeça e uma leitura com enredo diferente é sempre bem vinda. A temática é atual e, além disso, ainda dá para rir um pouco, acho que vale a pena.

  38. Pela capa nunca imaginei ser essa a temática do livro. Engraçado como capa nos influencia. Eu achava que era sobre o amor, um auto ajuda mesmo. Nunca sobre uma mãe solteira. E quando comecei a ler a sua resenha lembrei de uma amiga que também engravidou um namorado 10 anos mais novo que ela e foi abandonada por ele. E mais ela não pensava em ser mãe! Mas está aí com o seu filho com 4 anos sozinha e feliz por ser mãe. Boa dica para dar de presente a ela. Vou primeiro ler para ver se não vai machuca-la, né?
    Beijos
    adriana

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!