Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas

Philippe Pozzo di Borgo era um executivo de sucesso e herdeiro de duas tradicionais famílias francesas. Porém, em 1993 sua vida sofre uma reviravolta dramática quando, após um acidente de parapente, ele fica tetraplégico. Na mesma época, sua mulher, Béatrice, enfrenta uma doença terminal. Em meio à dor, Pozzo di Borgo isola-se em sua luxuosa casa em Paris e passa a ter como acompanhante o argelino Abdel, genioso e desinibido com as mulheres – mas que, por trás de sua fachada temperamental, também sofre da solidão e da sensação de deslocamento. Entre o aristocrata e seu “diabo guardião”, surge uma inesperada camaradagem que transforma suas vidas. Abdel introduz em seu cotidiano a aventura e o imprevisível, e Pozzo di Borgo descobre que, mesmo nas mais adversas das condições, é possível cultivar um intenso apetite pela vida, voltar a amar e ser amado. Irônico e brutalmente honesto, o depoimento de Pozzo di Borgo inspirou o filme Intocáveis, de Olivier Nakache e Éric Toledano. Lançada em novembro de 2011, a comédia dramática se transformou em um verdadeiro fenômeno de bilheteria.

Eleito pelo The New York Times Book Review como o melhor livro de suspense de 2011, Tão mais bonita revela como a atmosfera de paranoia pode se propagar rapidamente em uma cidade outrora tranquila. Na estreia literária de Cara de Hoffman, Stacy Flynn é uma repórter recém-chegada à pequena cidade de Haeden, no estado de Nova York. Seu objetivo é reconstruir os passos de Wendy White, uma mulher doce e caseira que foi vítima de assassinato.

Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora isso está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque às vezes pessoas estranhas a atacam sem motivo, mas também porque ela teme que esteja perdendo juízo. Um impulso incontrolável passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças e tradições ancestrais.

Habilidoso crítico do cotidiano, especialmente o dos subúrbios norte-americanos, o escritor e roteirista Tom Perrotta provoca: o que aconteceria se, de repente, sem nenhuma explicação, pessoas simplesmente desaparecessem, sumissem no ar? E como os que ficaram para trás retomariam suas vidas e relacionamentos após essa “Partida Repentina”? Essa é a premissa de Os deixados para trás, alçado pela crítica norte-americana como o romance mais maduro da carreira do autor — que incluí seis livros publicados e a indicação ao Oscar de melhor roteiro adaptado por Pecados íntimos, protagonizado por Kate Winslet.

 Invisíveis, de Stef Penney  

Quando Rose Janko desaparece, seu pai contrata um detetive para encontrá-la. No entanto, a investigação é dificultada pelas únicas pessoas que poderiam ajudar: a família Janko. Trata-se de um clã de ciganos nômades, e a última coisa que desejam é um estranho se metendo em seus assuntos particulares. Mas por que não querem que Rose seja encontrada?

Óculos, aparelho e rock’n’roll, de Meg Haston 

Super-rigorosa e cheia de estilo, Kacey Simon dita as tendências na escola Marquette, sempre acompanhada pelas garotas mais bonitas e populares — ela tem até seu próprio programa de TV no canal do colégio. Tudo vai muito bem até que uma indesejada reforma em seu visual (com óculos fundo de garrafa e aparelhos) a faz despencar na pirâmide social.

 

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
3171 pessoas visitaram
Publicado em 29/06/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Danielle CGA Souza disse:

    Gostei… me interessei bantente por Predestinados e Invisíveis, mas tb leria tão mais bonita.
    Destes eu não teria tanta força de vontade para ler A culpa é das estrelas, pq tem jeito de ser muito triste…

  2. Adorei a capa de predestinados !

    1. Gabrielle disse:

      O livro é muuito bom também <3

  3. Cida disse:

    Oi Gabi!

    Gostei de Predestinados, parece ser um ótimo livro.
    Mais uma para a lista de leitura.

    Bjos!

    Cida
    http://www.moonlightbooks.net

    1. Gabrielle disse:

      Esse mês de julho eu adorei os lançamentos, todos muito bons e para todos os gostos. Predestinados é ótimo, um dos meus favoritos <3

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!