Autor:Rubens Conedera
Editora: MODO
Páginas: 214
Classificação: 3.5/5 estrelas

Carmela e Lorenzo chegou em minhas mãos em uma boa hora. Dizer que eu estou cansada de sagas não define o sentimento, apesar de que continuo a lê-las. E o melhor de tudo, o livro é bom, não chega a ser ótimo, mas bem perto.

A arte também cobrava vidas

A históra: Carmela nunca chamou a atenção das pessoas. Vivendo com seu pai e suas duas irmãs, era tratada como empregada quase que vinte quatro horas ao dia. Mas é quando suas duas irmãs se casam que ela percebe que não quer essa vida de casamento arranjado para ela, nem que seu pai lhe dê mais atenção. E sua salvação chega em afrescos quando por uma casualidade acaba tornando-se uma ajudante de um pintor. E apesar da surpresa, isso não é nada se comparado ao momento em que conhece Lorenzo. Bonito e misterioso, é o começo da maior aventura de sua vida.

“Com quem aprendeu isto?”
“Com uma freira.”
“Freira? O que ela lhe falou?”
“Ela me disse: ‘Faça valer a pena.’ Estou seguindo o conselho.

Eu normalmente tento iniciar uma resenha focando mais no conteúdo do livro mas vocês vão ter que me perdoar, preciso dar enfase ao trabalho quase perfeito feito no livro, tanto na diagramação, tipografia, quanto na arte que algumas páginas, os inícios dos capítulos, para ser mais exata, possui. O único momento em que a editora pecou foi nas ilustrações. Não escondo que não sou muito fã de ilustrações em livros que não focam o publico infantil, mas no caso do livro de Conedera, as poucas ilustrações que eu vi retratando algum momento do livro eram feias, não sou profissional da área para falar sobre o traço mas como leitora, péssimo, não adicionou nada a favor da obra, pelo contrário.

Voltando ao enredo, Carmela era uma garota como muitas da época, seguindo o fluxo e respondendo somente quando se dirigiam a ela. Em suma, não havia nada de espetacular nela mas conforme a narrativa avança percebemos que apesar de ela ser uma garota que não prometia muito, ela poderia sim ser uma mulher espetacular, com personalidade forte e que se impunha. Apesar de os personagens secundários terem seu próprio encanto, o foco é quase completo em Carmela e no mistério envolvendo Lorenzo, e a leitura acaba por fluir fácil e rápida.

 Vale comentar também do quão detalhista foi o autor sobre a arte envolvendo afrescos. Sem se aprofundar demais e sair de foco, Rubens Conedera mistura uma boa estória com a realidade e sacrifícios de uma arte quase perdida. Para quem gosta de romances e uma história bem construída, não há como não recomendar.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1932 pessoas visitaram
Publicado em 23/06/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Lica disse:

    Gostei da resenha,
    Mas fiquei na duvida, ele foca mais no romance?

    Bjokas
    lica
    bookeando.com

    1. Gabrielle disse:

      Acho que se fosse pra resumir bem, seria mais na evolução de Carmela como pessoa, o mistério envolvendo Lorenzo, e isso junto resulta em romance.

  2. Eu sou mega suspeita para falar sobre Carmela e Lorenzo. Me apaixonei pela obra no momento em que li a sinopse e vi a capa.
    Tinha um certo receio de ler o livro e me decepcionar, mas felizmente não foi o que aconteceu.
    Gosto de gravuras. Acho que muitas vezes elas contribuem para que você enxergue a cena completamente.
    Beijos

    @NinaHenker
    fleurdylis.blogspot.com

  3. Rubens Conedera disse:

    Agradeço por resenhar minha obra, sabendo que críticas servem para o nosso crescimento. Adorei o blog. Mais uma vez, obrigado!!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!