This is Not a Test, de Courtney Summers 

É o fim do mundo. Seis estudantes procuraram abrigo  no Cortege High mas o refúgio é um pequeno consolo quando os mortos lá fora não vão parar de espancar as portas. Uma mordida é tudo o que precisa para matar uma pessoa e trazê-la de volta em uma versão monstruosa de si mesma. Para Sloane Price, isso não soa tão ruim assim. Seis meses atrás, seu mundo desmoronou e, desde então, ela só tem fracassado para encontrar uma razão para seguir em frente. Agora parece a hora certa para desistir. Enquanto Sloane espera ansiosamente a barraca cair, ela é forçada a testemunhar o apocalipse pelos olhos de cinco pessoas que desejam desesperadamente viver. Mas enquanto os dias vão engatinhando, a motivação das pessoas para sobreviverem começa a mudar de forma assustadora, e logo o destino do grupo começa a ser determinado cada vez menos pelo o que está acontecendo do lado de fora e cada vez mais pelo desejo imprevisível e violento de viver – e morrer – de dentro. Quando tudo se for, o que sobrará para se segurarem.

Blackout (Newsflesh Trilogy #3), de Mira Grant

Levante-se enquanto pode. -Georgia Mason

O ano era 2014. O ano em que curaram o câncer. O ano em que curaram a gripe comum. E o ano em que os mortos começaram a andar. O ano da Ascensão.

O ano era 2039. O mundo não acabou quando os zumbis chegaram, ele só piorou. Georgia e Shaun Mason contribuíram na maior história de sua geração. Eles descobriram uma grande conspiração desde a Ascensão e perceberam que para dizer a verdade, sacrifícios devem ser feitos.

Agora, o ano é 2041, e a investigação que começou com a eleição do Presidente Ryman é maior do que pensavam. Com muito a fazer e pouco tempo para isso, a equipe sobrevivente de Após o Fim dos Tempos deve enfrentar cientistas loucos, ursos zumbis, agências do governo desonestas-e se há uma coisa irrefutável após a Ascensão na América, é isso:

As coisas sempre podem piorar.

Something Like Normal, de Trish Doller

Quando Travis retorna para casa após uma temporada no Afeganistão, seus pais estão se separando, o irmão roubou sua namorada e seu caso, e ele está sendo assombrado por pesadelos envolvendo a morte de seu melhor amigo. Não é até Travis encontrar Harper, uma garota com quem tem uma relação complicada desde o ensino média, que sua vida começa a melhorar. E quando eles começam a olhar mais um para o outro, ele começa finalmente a caminhar através do campo minado que é os problemas familiares e o estresse pós-traumático para que possa ter uma vida pelo menos próxima ao normal novamente. O humor seco de Travis, e seu incrível senso de honra, fazem dele um irresistível e adorável herói.

 

One Breath Away, de Heather Gudenkauf

Uma escola, um homem armado, seu filho. One Breath Away é a história de um acontecimento devastador visto através de cinco visões diferentes. Se aproximando da aposentadoria, Evelyn Oliver é professora há quarenta e três anos e acreditava já ter visto de tudo até que a segurança de sua sala de aula é comprometida por um homem com rancor. Quando sua escola entra em estado de alerta, tudo em que Augie Baker, com treze anos, pode pensar é em chegar até seu irmãozinho. Mas ela se vê cara a cara com o intruso e rapidamente compreende que ela pode ser a única que pode salvar seu irmão, seus colegas e seu professor. Holly Baker, mãe de Augie, está a quilômetros de distância em um hospital do Arizona se recuperando de um acidente terrível, e somente pode aguardar impotente enquanto os horrores se desenrolam na escola de seus filhos. Will Thwaite, avô de Augie e pilar da comunidade, ao ouvir o cerco na escola, percebe que pode ter perdido a oportunidade de reparar a frágil relação que tem com sua filha e neta. A oficial Meg Barrett, a única mulher na pequena força policial de Broken Branch, já respondeu chamados de abuso doméstico, explodiu laboratórios de metanfetamina e caçou e prendeu motoristas alcoolizados. Ela se orgulha de ser impermeável à emoção e a tristeza que muitas vezes acompanham a profissão, mas nada pode prepará-la para a potencial devastação que este homem solitário pode infringir em sua comunidade e em seu próprio futuro. À medida que os minutos passam, os medos e rancores dessa pequena cidade são revelados enquanto as pessoas de Broken Branch correm para descobrir a identidade de quem faz de suas crianças reféns.

Blood Moon (Drake Chronicles #5), de Alyxandra Harvey

Quando as tribos de vampiros convocam uma rara cerimônia, a Lua de Sangue, Solange enfrenta sua natureza selvagem, um misterioso estranho, segredos de família e uma magia proibida que coloca a todos os Drakes em perigo.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1374 pessoas visitaram
Publicado em 17/06/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Luciane Souza disse:

    Something Like Normal me interessou muito… Na verdade todos parecem ter histórias incríveis.

  2. Gabi disse:

    Adorei This is Not a Test, fiquei com muita vontade de ler. Something Like Normal pooode ser uma futura leitura, e eu já estou desejando Drake Chronicles faz teeempo *-*

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!