Autor: Machado   de Assis
Editora: Martin Claret
Páginas: 210
Classificação: 3/5 estrelas

Por ser um clássico da literatura nacional, havia muito tempo que  eu desejava ler Dom Casmurro. Sempre ouvia as pessoas comentando  sobre o livro e Machado de Assis. E a curiosidade finalmente venceu e decidi lê-lo.

Capitu era Capitu, isto é, uma criatura mui particular, mais mulher do que eu era homem.

Narrado por Bento Santiago – mais conhecido como Dom Casmurro – essa obra nos apresenta a vida do narrador. Bento e Capitu se conhecem desde crianças e são apaixonados um pelo o outro. Quando Bento descobre que sua mãe fez uma promessa que ele teria de se tornar padre, ele finalmente descobre o que sente por Capitu e se revolta, decidindo que não quer ser padre. Mas dominado pelo desejo de agradar sua mãe, resolve fazer sua vontade. Muito tempo se passa, e eles acabam achando uma solução para a promessa feita pela mãe de Dom Casmurro.

O enfoque do livro é o ciúme. Por meio disso, temos a questão central da trama: Capitu traiu ou não Bento? Machado de Assis consegue fazer com que o leitor fique pensando horas e horas se a resposta a esta pergunta é sim ou não, e mesmo depois disso continuar em dúvida. Em minha opinião, Capitu não traiu Dom Casmurro, pois, o mesmo era muito ciumento – como é varias vezes falado no livro – e dessa forma, ele via todas as atitudes de Capitu segundo o seu ciúme. Ele acreditava no queria acreditar.

A saudade é isto mesmo, é o repassar das memórias antigas.

Eu simplesmente amei conhecer a narrativa de Machado de Assis. Em vários trechos do livro temos a impressão de que ele estava conversando com o leitor, e isso é impressionante. Espero que esse seja o primeiro de vários livros dele que lerei. Indico para todos aqueles que são fãs da literatura brasileira.

SORTEIO

Quer ganhar um exemplar de Dom Casmurro, de Machado de Assis? É simples, conclua qualquer um dos requisitos abaixo e você já estará participando. Lembrando que quanto mais critérios seguir, maiores as chances.

a Rafflecopter giveaway

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
3626 pessoas visitaram
Publicado em 27/05/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Cris Aragão disse:

    Apesar de já ter lido esse livro e ter um exemplar em casa, não consegui resistir a participar do sorteio. A edição da Martin Claret é tão linda, e o meu livrinho é um Edições de Ouro, velhinho e já meio despencando. D. Casmurro merece uma releitura à altura. Quem sabe eu ganho esse.

  2. Rafaela. disse:

    Capitu… culpada ou inocente? Eis a questão.
    Ah, adoro este romance de Machado! E ainda não tenho esta edição, gostei muito da capa.
    Ótima resenha, Gabi!
    Já estou participando.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

  3. Lena Portela disse:

    Cara, você é o que? Leitora de mentes? Uma Cullen? Sem mentira, eu estava colocando este livro como minha proxima leitura, dai eu vi no twitter este post e meio que pensei que você estava captando meus pensamentos por osmose. Serio mesmo, até propus para o “clube dos lindos” da minha cidade que lessem também. :O Provavelmente comprarei antes, mas vou participar do sorteio mesmo assim. Esta edição é muito bonita. 🙂 Até mais. o/

  4. Que capa linda! Quero pra ler de novo ^^

    bjs

  5. Aline T.K.M. disse:

    Simplesmente sou fã da obra e não resisti a essa capa linda da Martin Claret! ^^

    bjs
    escrevendoloucamente.blogspot.com

  6. Dani disse:

    Eu já li este livro e realmente é brilhante, apesar de ser frustrante a incógnita quanto a traição de Capitu… hahahaha… é de quebrar a cabeça… mas com certeza vale e muito ler!!!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!