The Selection, o primeiro de  uma trilogia,  chegou às prateleiras semana passada.  No livro, The Selection é uma loteria na qual garotas de todas as castas são selecionadas para ter uma chance de se casar com o Príncipe Maxon. America Singer, uma garota de 17 anos, não tem interesse nenhum em participar da Seleção, particularmente porque ela já está apaixonada pelo seu namorado secreto, Aspen.

Aspen insiste para que ela entre para  ter uma chance de vida melhor,  e em um turbilhão de eventos, ela é escolhida e acaba no castelo competindo pelo coração do príncipe. É o Bachelor que encontra Cinderella, e um triângulo amoroso do YA.

O segundo livro está programado para o outono de 2012, ainda sem titulo, e em entrevista ao Entertainment Weekly, a autora Kiera Cass não revelou o que acontecerá na sequência de sua saga, mas confirmou que Maxon, America e Aspen tomarão decisões objetivas. Infelizmente, as decisões do triângulo amoroso não serão reveladas até o terceiro e último livro.

Cass cedeu uma entrevista ao EW e falou sobre sua inspiração para os livros e a adaptação para a TV. Já foram anunciadas estrelas incluído Aimee Teegarden como America, Ethan Peck como Príncipe Maxon e William Moseley como Aspen. Lembrando que no Brasil, o selo Seguinte, da editora Companhia das Letras, estará lançado a saga. Confira a entrevista:

EW: De onde você tirou a ideia para The Selection?
Kiera Cass: The Selection nasceu pela imaginação do “E se” de outras histórias, principalmente de Esther (da Bíblia) e Cinderella. Apenas me perguntei se Esther, depois que ela foi despachada para o palácio para competir pelo rei. Mesmo se ela perdesse, ela não voltaria para casa. Será que ela talvez se importasse com mais alguém e teve de deixar esse amor morrer? Eu estava curiosa sobre seu coração. E Cinderella nunca pediu por um príncipe. Ela pediu uma noite fora de casa e um vestido. Nós assumimos que ela viveu feliz depois disso porque ela conseguiu um homem, mas e se esse não fosse o caso? E se isso fosse mais do que ela estava preparada para lidar?

Esses dois pensamentos encheram minha cabeça, e eu sabia que eu queria escrever uma história sobre uma garota que viria de uma origem humilde e ganharia a atenção de um príncipe, mas ela não iria o querer porque ela já estaria apaixonada. E eu sabia que ela iria passar por algo (que acaba terminando com ela sendo Selecionada) que mostra a ela mais sobre o mundo do que ela estava preparada para ver.

Essa história é como Bachelor nos dias atuais. Você é fã desse show?
Na verdade, eu apenas assisti uma temporada de The Bachelor, e foi depois de escrever The Selection. Então, não, eu não sou uma grande fã. Mas confesso amar Flavor of Love.

Conte-me sobre a adaptação de The Selection para a TV com a CW.
Deixe-me dizer que eu estou muito feliz com essa possibilidade! Nós não saberemos até 17 de maio se será selecionada, mas mesmo assistindo o processo de filmagem do piloto pelo meu feed do twitter foi muito incrível. Eu estou contente de qualquer forma, mas seria incrível, não seria?

Como exatamente aconteceu isso antes de The Selection ser publicado?
Warner Bros. ofereceu escolher The Selection no verão passado. Conversamos pelo telefone, e eu me senti muito bem sobre o projeto e as possibilidade de como usaríamos com isso. Os contratos entraram em trabalho, e eu não ouvi nada por um longo período de temporada e assumi que seria o fim. Quase 99% do tempo, as coisas eram escolhidas, mas nunca viam a luz do dia. Mas quando os contratos ficaram prontos em janeiro, eu estava encorajada para assinar rapidamente porque havia interesse na filmagem do piloto. Depois disso, foi um turbilhão.

Quanto envolvimento você tem com a série?
Eu fui contratada como consultora criativa para a série, então eu tinha que olhar os roteiros e conversar com os produtores. Tem sido maravilhoso! Eu estou completamente consciente que será a sua própria coisa, eu estou feliz por ajudar. Como eu tenho um Pinterest para The Selection, que eu para eles, foi-me dito que ajudou muito no design do set.

E o que você acha dos atores? Como você imaginava que os personagens seriam?
Eu senti que houve um grande esforço para conseguir ótimos atores. Eu estou realmente contente com os atores escolhidos. Dito isso, Ethan parece mais com Aspen e William mais com Maxon. Isso me faz rir. Mas o jeito como eles estão construídos e se expressam, eu acredito que eles estão certo para os seus personagens. Eu ainda não vi nada do pilot, mas estou morrendo para ver! Eu tenho muita fé nas pessoas.

O que você pode dizer aos leitores sobre o segundo livro?
Eu sinto a série The Selection é mais um conto de fadas do que uma distopia. Não é nem de perto obscuro e intenso como vários outros na mesma categoria. Dito isso, o segundo livro fica um pouco mais obscuro. Há cenas que eu simplesmente odiava escrever.

Clique aqui para conferir nossa resenha de The Selection

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2389 pessoas visitaram
Publicado em 06/05/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!