A saga Diário de Um Banana cada vez conquista mais pessoas, seja pelos livros ou por suas adaptações ao cinema, onde o terceiro filme da franquia, Dog Days, sai em agosto nos Estados Unidos. Em números, o lançamento do sexto volume no exterior vendeu 6 milhões de cópias em sua primeira publicação e sem dúvida alguma o lançamento do sétimo, Diary of a Wimpy Kid: Love is in the Air, previsto para 13 de novembro, será ainda maior. O Entertainment Weekly entrevistou Jeff Kinney sobre esse mais novo livro, confira:

Dá última vez que nos falamos, você falou sobre as próximas fronteiras para Greg: amor e morte. Como você lida com o amor no novo livro?  
É hora de enfrentar o amor na forma Banana. Este livro girará em torno do Dia dos Namorados e do estresse que Greg sente em encontrar alguém para o grande baile. O que realmente me interessa é em como a dinâmica entre melhores amigos mudam quando você introduz um terceiro: uma namorada ou namorado. É realmente repugnante quando seu melhor amigo tem um interesse amoroso. Esse tipo de coisa realmente me diverte, e é igualmente divertido escrever sobre isso.

É agridoce tratar um tema como o amor? Isso não faz sentir como Greg crescendo?
Isso não parece fora da linha para mim porque em meu primeiro volume Greg falou sobre as garotas, agora só estou tomando um passo além. Mas não acho que meus personagens estão envelhecendo. De fato, no quinto livro tomei essa decisão de uma vez por todas. Usei a puberdade como uma metáfora para o fato de que Greg é um personagem de desenho animado e não pode ficar mais velho. Ele está realmente frustado nesse livro pois seus amigos estão desenvolvendo-se fisicamente e seguindo em frente na adolescência e ele está preso e não consegue descobrir a razão, e a razão é que ele é um personagem desenhado—ele não sabe que ele não consegue ficar mais velho. Então sinto que é fácil eu voltar e repor coisas. Não sinto que estou seguindo em frente com os personagens.

Isso é tão meta (auto explicativo)
É a única coisa inteligente que você vai me ouvir dizer. [Risos]

O interesse amoroso de Greg é alguém que já conhecemos?
Você sabe, Greg está aberto a todas as possibilidades. Ele é um namorado em potencial. Ele só quer ter certeza de ter um encontro, e não acho que ele está muito preocupado em quem esse encontro pode ser. Uma coisa que sempre fiz nos livros é tornar claro que Greg não entende as meninas. Na verdade, isso se reflete na maneira que ele chama-as na medida em que todas parecem semelhantes para ele. Portanto, esse livro é, no mínimo, uma exploração para entender garotas.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2024 pessoas visitaram
Publicado em 06/04/2012
Deixe seu comentário com o Facebook

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!