A data de lançamento de Lover Reborn, 27 de março, está se aproximando e J.R. Ward está divulgando  alguns trechos para seus leitores e fãs. O livro é o décimo da saga A Irmandade da Adaga Negra, sendo que o nono, Amante Libertada, está previsto para ser lançado em abril no Brasil. Antes de conferir os trechos, peço desculpas por qualquer erro mas entendam que essa saga envolve muitos palavrões e gírias, dificultando bastante uma tradução fidedigna. Confira:

Página 1:

“O filho da puta está indo para a ponte!  Ele é meu!”

Página 23:

“Eu sei porque está  aqui, Xcor.”
“Você é um leitor de mentes?”
“Você vai se matar.”
“De fato. Ou por ventura, deve ser o contrário.”
Tohrment balançou a cabeça lentamente. “Considere isso um aviso de amigo. Volte de onde você veio antes que vá para uma sepultura antes do tempo.”
“Eu gosto de onde estou. O ar está estimulante dessa lado do oceano. Como está sua shellan, a propósito?”

Página 140:

Quando Blay removeu seu casaco Burberry, o botão puxou a seda para baixo e mostrou uma marca de mordida em seu pescoço. E em sua clavícula.
Só Deus sabia onde mais as tinha…
Abruptamente, Saxton disse algo que fez Blay corar, e sua ligeira timidez, reservada da risada que seguiu-se fez Qhuinn mandar tudo se foder.
Ótimo, a puta era uma comediante, e Blay gostava de suas piadas.
Fantástico.
Yup.

Página 53:

Por que suas memórias não a traziam de volta? Elas eram fortes o bastante, poderosas o bastante, para um feitiço de convocação que talvez magicamente trouxesse-a  de volta.
Só que ela vivia apenas em sua mente. Sempre com ele, fora de seu alcance.
Isso era a morte, ele percebeu. O grande fim.

Página 193:

Já Xcor, ele tinha um carregador automático próprio, e não sem satisfação viu um outro macho se encolher em reconhecimento.
“Você esperava um Irmão, quem sabe?” Xcor pronunciou lentamente.
Assail não se amedrontou. “Meu trabalho é problema meu. Você não tem direito algum de ser minha sombra.”
“Meu negócio é o que eu quiser que seja.”

Página 332:

“Por que estamos voltando aqui?”
Tohr gritou a pergunta enquanto forçava a van em uma curva para outra estrada. O cone balançou como se fosse uma mesa de café com pernas ruins, balançando para lá e para cá como se estivesse um pouco enjoado..
Wrath, enquanto isso, estava tentando manter-se firme na parte de trás, o rei rolando e agitando os braços para pegar a si mesmo.
“Nenhuma chance-” Wrath deu uma guinada na direção oposta e tossiu um pouco mais. “Você conseguir por… esse ônibus para baixo?”
Tohr olhou pelo espelho retrovisor. Ele arrumou-se para que pudesse manter um olho sobre o rei, e no brilho do painel, Wrath estava branco como uma folha. Exceto pela mancha de sangue em sua garganta. Lá estava vermelho como uma cereja.
“Nada de pôr para baixo- desculpa.”

Página desconhecida:

Os olhos de Wrath devastaram tudo ao seu redor. “V. Cala essa boca filha-da-puta. Ou saia fora para o corredor.”
Vishous, filho de Bloodletter, não era o tipo de homem que deixava que falassem assim com ele. Exceto, aparentemente, se fosse Wrath. Neste caso, o irmão de tatuagens no rosto e de reputação pervertida e com sua mão mortal fez exatamente o que foi pedido. Ele fechou a boca.
O que disse muito sobre Wrath. Ou não.

Página desconhecida:

“Lassiter. Quero ver você de frente.”
“Isso é o que todas as garotas dizem.”
“Você espera que eu o vire? Porque eu vou.”
“O seu companheiro não vai gostar disso.”
“Como se você se importasse?”
“Verdade. Isso realmente vai fazer valer a pena o esforço.”

(Doutora Jane falando com  Lassiter)

Página desconhecida:

Com um gemido, ele mergulhou as mãos dentro da piscina prateada de sangue abaixo dele, e caiu como um pedaço de carne que era no momento.
“Wow”, ela tomou fôlego.
“Eu sei, ok? Levantado como um cavalo.”
“Se estiver realmente tudo bem—você conviver com isso—eu prometo não dizer à V.”
“Sobre o meu tamanho.”
Ela riu um pouco. “Não, sobre você assumir que eu ia olhar para você de outra forma que não fosse profissionalmente.”

Página desconhecida:

Ela se aproximou dele lentamente e de forma desigual se sentou na mesa ao lado dele. “Eu lamento tanto.” Quando ele pareceu um pouco surpreso, ela encolheu os ombros mais uma vez. “Como eu posso não oferecer meus pêsames em face da sua perda? Na verdade, depois de ver vocês dois juntos, eu não acho que vou me esquecer o quanto você a amava.”
Depois de um momento, ele murmurou com uma voz rouca, “Isso faz dois de nós.”

Página desconhecida:

Justamente quando eles estavam saindo, cada uma das mulheres olhou para Xcor, e suas expressões sugeriram que ele era como uma doença que estavam prestes a ser exposta. Ele se perguntou quem estaria na extremidade de sua estaca primeiro quando eles se juntarem novamente —porque assim como os dias são longos e as noites sempre curtas, ele ia ter um deles.
Simplesmente haveria um custo extra neste tipo de situações.

Página desconhecida:

À medida que ele sorria para ela, sua expressão era de um homem santo. “Meu nome é Lassiter, e eu vou lhe contar tudo que você precisa saber sobre mim. Primeiro, eu sou um anjo e segundo eu sou um pecador, e eu não estou aqui por muito tempo. Eu nunca vou machucar você, mas estou preparado para fazer você malditamente desconfortável se eu tiver que fazê-lo para realizar meu trabalho. Eu gosto de pôr de sol e de longas caminhadas na praia, mas a minha mulher perfeita não existe mais. Ah, e meu passatempo favorito é irritar a merda das pessoas. Acho que fui criado apenas para ajudar as pessoas a crescerem – provavelmente a coisa toda da ressurreição.”

Página desconhecida:

John e Qhuinn pararam em ambos os lados dele, e este último olhou para cima. “Me diga que não é o nosso novo vizinho.”
“Xcor.”
“Ele nasceu com essa cara ou alguém fez isso para ele?”
“Quem sabe.”
“Bem, se isso era suposto para ser uma plástica no nariz, ele precisa de um novo cirurgião plástico.”

Página desconhecida:

O lesser tinha um novo recruta, olhos e pele pálidos. Magro e inquieto,  ele era como um usuário de droga que teve seu cérebro frito—sem dúvida um motivo para ele ter se juntado a Sociedade.
“Eu vou pular! Eu vou fodidamente pular!”
Tohr pegou a alça de um dos seus dois punhais e retirou a adaga negra do coldre do peito. “Então pare de tagarelar e comece a voar.”
O assassino olhou por cima da borda.“Eu vou fazê-lo! Eu juro que vou fazê-lo!”
Uma explosão veio de uma direção diferente, varrendo o casaco de couro longo de Tohr para longe em queda livre.
“Não importa para mim. Vou matá-lo aqui em cima ou lá embaixo.”

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1257 pessoas visitaram
Publicado em 21/03/2012
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Nana disse:

    Olá!
    Poderia por gentileza me enviar as partes que já frram traduzidas!
    Tenho outras coleções caso lhe interessar!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!