Romance

Autor: Ian McEwan
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 200
Classificação: 4/5 estrelas

Após ver seu marido partir para viver com uma outra mulher, mais jovem, Fiona Maye, uma Juíza bem sucedida está passando por momentos de crise. Quando ela se vê envolvida no caso de Adam Henry, um adolescente de 17 anos que sofre de leucemia e precisa de transfusões de sangue para sobreviver, cujo os pais recusam o procedimento devido as suas crenças, Fiona dedica-se ainda mais ao trabalho, mas quando conhece Adam, a atração pelo o garoto e os problemas pessoais começam a afetar sua vida.

A primeira vez que tive contato com uma das obras de Ian McEwan foi através do filme “Desejo e Reparação”, baseado no livro Reparação do autor. Após ter assistido o filme, fiquei muito curiosa para conhecer suas obras e, quando surgiu a oportunidade de ler A Balada de Adam Henry,  não pensei duas vezes e aproveitei as férias para lê-lo; posso dizer que essa foi uma das leituras mais interessantes que fiz no começo deste ano.

De início vemos os contrastes da vida de Fiona Maye, que enquanto vive uma carreira bem sucedida, a Juíza da suprema corte britânica enfrenta momentos de crise na vida pessoal. Após 35 anos de casamento, a proposta de uma relação aberta e o envolvimento de seu marido com uma jovem estagiária faz o relacionamento desabar. O arrependimento de não ter tido filhos e outras frustrações acabam afetando a sua vida e a faz questionar-se sobre suas escolhas. Mas quando Fiona precisa dar o veredicto ao caso do adolescente Adam Henry, diagnosticado com leucemia e que necessita de transfusões de sangue, mas se opõe ao tratamento com o apoio de seus pais Testemunhas de Jeová, ela procura conhecê-lo, mas com a aproximação do sensível Adam, ela se vê em uma situação ainda mais delicada.

(mais…)


Autora: Laurelin Paige
Editora: Rocco Fábrica231
Páginas: 368
Classificação: 4/5 estrelas

Por Você é aquele livro inesperado que chega para abalar preconceitos. Nas primeiras páginas, confesso, tudo o que eu percebia era um cara super estúpido e uma garota que se mostra bem fácil, e quanto de nós não jugamos alguém assim por uma primeira impressão? Pois é, mas como mostra esse livro, certas vezes há algo além do que as aparências deixam a acreditar.

Eu nunca pago por sexo, Alayna. Quando eu foder você, vai ser de graça.

O livro gira em torno de Alayna Wither, uma garota que aparentemente é como qualquer outra; cheia de dívidas, recém graduada com seu diploma de MBA, seu próximo passo deve ser pedir demissão da boate onde trabalha e procurar algo melhor, que a desafie. Porém, acima de tudo isso há algo ainda mais importante; Alayna deve manter distância de relacionamentos que provoquem seu pior lado: ser uma perseguidora.

“Você também é incapaz de amar?”
“Não, muito pelo contrário. Eu amo muito.”

(mais…)


Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Classificação: 4/5 estrelas

Apenas um dia é narrado por Allyson Healey, uma garota que tenta sempre andar nos eixos, a típica certinha. Recém graduada, ela ganha de seus pais uma viagem de formatura para a Europa.

Ele me mostrou como me perder, e então eu mostrei a mim mesma como me encontrar.

Lá, enquanto está a caminho de Londres após adiar sua ida à Paris em razão de uma greve, ela e sua amiga passam ao próximo passo de sua viagem toda esquematizada, e é enquanto está na fila a caminho de assistir um monologo de Hamlet que sua viagem tão planejada começa a desandar, e para melhor quando a razão disso é Willem, um ator que gosta do inesperado.

E é Willem que pede para que ela mude seus planos, adie seus próximos roteiros e vá com ele para Paris, e contra todas as expectativas Allyson aceita e em apenas um dia ela se permitirá ser a garota que jamais imaginou, transformando sua vida para sempre.

Posso ter apenas 18 anos, mas já me parece bem óbvio que o mundo está dividido em dois grupos: o dos que fazem e o dos que observam.

Apenas um dia vai te fazer suspirar. Usando e abusando de dramaturgia e, claro, de Shakespeare, a autora constrói um romance que me deixou vidrada por cada página, foi impossível deixar de ler apesar de toda a angustia com os acontecimentos. Mas o romance também vai além dessa paixão louca entre Willem e Allyson, essa é uma história também de uma garota que precisa se encontrar e parar de seguir os ditames do que outros acreditam que é melhor para ela.

E ao final, você começará a contar os dias para ler a sequência; A última parte da trama mais do que compensa toda a espera, todos os percalços no caminho, porém preciso destacar que não se pode levar em conta somente as páginas finais de um livro para classificá-lo, e ele pode até ter sido ótimo, com um bom enredo, mas ainda me pergunto da real necessidade de uma duologia, provavelmente tudo se encaixaria melhor se um único livro mesclasse a história desse casal.

Mas isso não diminui em nada minhas expectativas para a sequência, e mais uma vez Gayle Forman escreve um livro que dará um ótimo blockbuster, Apenas Um Dia, junto com Apenas Um Ano, têm tudo para bombar nas telonas e ganhar novamente, através do cinema, mais leitores e fãs aficionados por uma trama que fica entre algo fofo, gostoso de ler, e algo a mais, instigante e até um pouco picante.

Ou talvez isso não seja um milagre. Talvez seja somente a vida. Quando você permite a si mesma a vivê-la. Quando você diz sim.


Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Páginas:
 448
Classificação:
4/5 estrelas

Simplesmente Acontece é aquele livro que vai te fazer rir, ficar angustiado, se apaixonar e, claro, te banhar em raiva, pelo menos foi o que senti nessas quase quatrocentas e cinquenta páginas.

Aprendi que lar não é um lugar, é um sentimento.

O livro gira em torno da amizade e conhecemos tudo o que ocorre através de emails, cartas, sms, etc. Rosie e Alex se conhecem desde o sete anos e estavam na melhor fase de suas vidas quando o caminho deles começa a seguir estradas diferentes. Rosie recebe a notícia que seu melhor amigo —  e amor- se mudará de Dublin para os Estados Unidos com seu pai, que recebeu uma promoção no trabalho.

A partir daí, Rosie se vê sem seu melhor amigo ao seu lado, e em paralelo ela não desiste de seu sonho de se tornar uma gestora de hotel e candidata-se para um curso de hotelaria em Boston, uma cidade que tem o bônus de estar próxima de seu grande amigo, porém grandes planos também proporcionam grandes quedas quando tudo não sai como esperado.

Engraçado, porque quando a gente é criança acredita que pode ser tudo o que quiser ir para onde se tem vontade. Não há limites. Você espera o inesperado. Acredita em mágica. Aí você cresce e a inocência acaba. A realidade da vida mostra a sua cara e você se sente golpeada quando constata que não pode ser tudo o que quer.

(mais…)


Autor: Felipe Barenco
Editora: UMÔ
Páginas:
264
Classificação:
5/5 estrelas

Fechando o ano da maneira que eu sempre sonhei, Fake me fez rir, chorar, cantar e estou muito, muito orgulhoso por ter a chance de ler essa maravilha de livro.

O livro é um romance YA nacional (nacional gente!) escrito por Felipe Barenco, diretor Teatral com um senso de humor impagável.

A minha vida amorosa é tipo uma cantada do The Voice: quem eu quero, não vira a cadeira. Quem vira, eu não quero. Quando mais de um vira, eu escolho errado, Quando tô carente, ninguém vira; quanto to namorando, todos viram ao mesmo tempo.

Acompanhamos então a estória de Téo, carioca de família convencional, que acaba de ingressar na faculdade de Direito. Téo é gay, e essa fase de sua vida é acompanhada por muitas mudanças, como contar a seus pais sobre sua sexualidade e ainda um possível amor…

“- Quando o beijo é bom, o sexo é melhor ainda. – completou Fernanda – Se o Davi for gostoso nesse nível, namora ele.
– Mas ele gosta de Calypso.
-É, isso é meio grave.”

(mais…)


Autora: Jessica Sorensen
Editora: Jessica Sorensen
Páginas:
 300
Classificação:
3.5/5 estrelas

Unbeautiful narra a história de Emery: uma garota que por fora é perfeita, ela tem que ser. Os pais a obrigam. Tudo na sua rotina é estruturado de forma perfeita e ela não para até chegar em casa. Quando o faz, tudo desmorona. Emery não aguenta mais as brigas e gritaria em sua casa e toda a pressão em sua mente. Todos acreditam que ela tem a família perfeita, mas, isso porque não conhecem seu irmão mais velho, Ellis. Alguém que sua família prefere esconder para que não manchem sua reputação. Durante a noite Emery tem pesadelos que ela própria chama de prenúncios sobre o futuro. Tudo que ela deseja é andar por um caminho que não tenha sido traçado pelos pais. Mas Emery acredita que isso tudo vai mudar quando ela conseguir finalmente sair de casa.

Eu não quero mais ser apenas uma decoração bonita
Eu quero mais
Eu quero sentir o fogo
Sentir alguma coisa

Por outro lado, temos a vida de Ryler – que como mostra a receita dos new adults, tem que ter uma vida oposta à de Emery. Ryler sempre está metido em confusões. Por toda sua vida ele esteve em lares adotivos, visto que, seus pais não o quiseram quando ele nasceu. Porém, seu pai decidiu aparecer, não para cuidar do filho perdido, mas para ter um comparsa em suas confusões. Ryler tem uma “namorada” mas tudo se resume a atração física, nada além disso. Ele queria ter mais que isso, uma vida significativa. Uma em que não vivesse em confusões por causa de seu pai. Seria isso possível? E então a vida de ambos se cruzam quando Emery começa a faculdade e Ryler recebe uma proposta perigosa, porém benéfica a longo prazo, e os dois se tornam vizinhos.

(mais…)


EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!