Jovem Adulto

Autora: Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Editora:  Hoover Ink
Páginas: 90
Classificação: 2/5 estrelas

Nesse volume, Silas e Charlie estão mais próximos de resolver o enigma em volta do motivo de perderem a memória repetidamente. Após acordar, Charlie mais uma vez não faz a mínima ideia de quem é. Porém, dessa vez, Silas não perdeu a memória dos últimos dois dias. Qual seria o motivo? O que ele fez diferente de Charlie que o levou a isso?

O primeiro pensamento de Silas é não contar essa novidade a Charlie para não assustá-la, mas seria essa a decisão correta a se tomar? No pouco tempo que lhes restam, ambos procuram com unhas e dentes a resolução do mistério que lhes acercam.

“Quem quer passar o resto da vida sem saber quem é?”

“Eu poderia passar todos os dias conhecendo você novamente, Charlie, e eu não ficaria cansado disso.”

Depois de cerca de oito meses do lançamento da parte dois, finalmente a nossa ansiedade acabou e temos em mãos a terceira e última parte da série. Porém, após tanto tempo esperando, confesso que foi um pouco difícil me recordar dos pequenos detalhes da história de Silas e Charlie. Mas aos poucos eu consegui me lembrar e o que restou foi a expectativa do que seria o tão aguardado final dessa série incrível.

Porém, em 92 páginas, as autoras Colleen Hoover e Tarryn Fisher conseguiram acabar com a série que estava se tornando uma de minhas preferidas. O enredo que elas criaram era muito bom. A forma como escreveram o mistério e descreveram o passado dos personagens foi espetacular. Mas, ao verem toda a expectativa criada nos fãs, elas ficaram sem ideias (uma que realmente valesse a pena) para a resolução do livro.

Não podemos mudar quem fomos no passado, Charlie. Mas podemos controlar quem somos no presente.

Não me entendam mal, de certa forma, Never Never: Part Three, até que foi bonitinho. Mas, não foi AQUELE FINAL que tanto esperei. Não sei dizer se alguém, ao ler as três partes de uma vez e sem ter tanta expectativa quanto todos nós tivemos, vai conseguir ter um conceito maior sobre o final, mas eu sei que eu e mais tantos outros leitores ficamos muito decepcionados.

Por incrível que pareça, ainda consegui tirar algum proveito do livro. Bom, os personagens amadureceram com tanto que passaram; Colleen e Tarryn tentaram nos mostrar a força do amor na vida das pessoas; e na última página ainda consegui soltar uma risada, com algo bem cômico que as autoras decidiram colocar lá. Mas, tirando isso, Never Never: Part Three foi uma completa decepção.

Nós queremos encontrar alguém que acredite em nós. Que tomará nosso lado e nos fará sentir menos sozinhos.


Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 448
Classificação: 4/5 estrelas

Magnus Chase é um adolescente que passou os últimos anos morando na rua, após sua mãe ter sido assassinada por lobos em um acidente meio que “surreal”. Desde então, o garoto vive de sua inteligência, sobras de comida e com uma ajuda um tanto “especial”, digamos assim. Ele se manteve distante de qualquer parente, fazendo o possível para não ser encontrado. Mas tudo muda para ele quando um tio que sua mãe havia orientado que Magnus ficasse longe o encontra e revela sua origem: o menino é filho de um deus nórdico. Depois de ser levado a lutar contra um gigante de fogo que está destinado a trazer a destruição aos 9 mundos, Magnus morre, mas apenas para abrir as portas de realidades que ele acreditava serem apenas lendas.

“Você parece o Kurt Cobain,” minha mãe dizia, para me provocar. “Eu adorava o Kurt, pena que ele morreu.”
Ah, adivinha, mãe!, pensei. Agora também tenho isso em comum com ele!

(mais…)


Autor: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Classificação: 5/5 estrelas

P.S.: Ainda amo você é a continuação do livro mais fofo que li no último ano, Para todos os garotos que já amei. A escrita do livro segue a mesma linha do seu antecessor, é delicada, leve e cheio de sentimentos nas entrelinhas. A autora consegue manter o ritmo, o que significa que é muito, mas muito difícil largar o livro enquanto você não chegar a última página.

Cartas esquecidas, um acontecimento – terrivelmente – desagradável e um novo garoto surgem para complicar o relacionamento entre Lara Jean e Peter. Kitty continua genial com suas respostas e percepções da vida para alguém com sua idade, o que rende boas risadas! E ainda há o trabalho voluntário de Lara Jean no asilo, que também ganha mais destaque, e é interessante ver a atração que a protagonista tem em relação ao amor e os hábitos antigos (décadas de 40/50), descritos pelas velhas senhoras.

(mais…)


Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 560
Classificação: 5/5 estrelas

Cassandra Clare é o poder! Para mim, beira ao absurdo a capacidade que essa mulher tem de reinventar e expandir o próprio universo sem andar em círculos ou parecer repetitiva. Estou há dois anos sem ler algo dela, desde o fim de Os Instrumentos Mortais e, confesso, tinha me esquecido da sensação maravilhosa que é viajar em meio as páginas da escrita fantástica de Clare e os seus Shadowhunters. Mas – pausa para respirar –, vamos em partes.

Dama da Meia-Noite é o primeiro volume que abre as portas para uma nova trilogia envolvendo os Caçadores das Sombras. Os Artifícios das Trevas narra a trajetória de Emma Carstairs e Julian Blackthorn, parabatais que nutrem uma amizade sem igual e que servem de apoio um para ao outro em meio aos desafios e fantasmas que possuem.

Emma correu pelas escadas. […] Ele preencheu a visão dela; era tudo que ela conseguia enxergar. Não só o Julian como estava agora, caminhando até ela no chão com o desenho do Anjo, mas Julian lhe entregando as lâminas serafim às quais dera um nome, Julian sempre lhe dando um cobertor quando ela sentia frio no carro, Julian diante dela na cidade do Silêncio, com fogo branco e dourado se elevando entre eles enquanto recitavam seus votos de parabatai.

Emma busca a verdade sobre a morte de seus pais após a Guerra que culminou em inúmeras transformações nas regras dos Shadowhunters, enquanto que Julian tem que se preocupar em cuidar de seus irmãos e do Instituto de Los Angeles, além de guardar a sete chaves um grande segredo. Em meio a tudo isso, assassinatos de seres humanos e fadas que possuem padrões semelhantes aos dos pais de Emma vão desencadear uma investigação que pode levá-la a explicação de toda a tragédia, mas nem sempre a verdade é o que queremos que ela seja.
(mais…)


Autora:  Kendare Blake
Editora: Verus
Páginas:
 2524
Classificação:
4/5 estrelas

Cas é um caça-fantasma; ele é, literalmente, um matador de fantasmas. Com sua faca, ele aparece e os envia diretamente para onde quer que seja que eles vão. E Cas é uma das únicas pessoas que podem fazer isso, está em seu sangue. Sua última missão o conduz a Anna. Ela é um fantasma assustador que mata qualquer um que entre em sua casa. Cas é uma exceção, ela sabe que ele quer matá-la, mas ela não tem coragem de machucá-lo. E é assim que eles constroem seu relacionamento, embora seja de uma forma estranha e complicada.

Mover, caçar e matar. Como espuma, enxague e repita.

No fim das contas, a história familiar de Cas bate a sua porta com um serviço mortal dessa vez. E isso custará todas as habilidades que Cas possui juntamente com uma pequena ajuda de seus amigos para derrotar esta criatura de uma vez por todas.
(mais…)


Autora:  Marie Lu
Editora: Rocco
Páginas:
 304
Classificação:
4.5/5 estrelas

Me jogar de cabeça em uma leitura tão cultuada por leitores de todo canto, além de, para completar, prometer uma anti-heroína digna de Magneto (X-Men), não foi uma barreira muito grande de se ultrapassar, além daquele medinho no fundo do estômago de me decepcionar, é claro. Depois de ter devorado as páginas de Jovens de Elite, primeiro livro da trilogia que só agora está sendo publicada pela editora Rocco, gostaria de dizer que não estou nada bem com os meus sentimentos!

Eu sou Adelina Amouteru, os fantasmas sussurravam para meu pai, pronunciando meus pensamentos mais assustadores em um coro de vozes que gotejavam ódio. Meu ódio, Não pertenço a ninguém. Esta noite, juro me erguer acima de tudo o que você já me ensinou. Vou me tornar uma força que este mundo nunca conheceu. Terei tanto poder que ninguém ousará me machucar de novo.

O livro é o segundo trabalho de Marie Lu, autora da consideravelmente aclamada trilogia Legend, também publicada no Brasil pela Rocco. Confesso que por Legend nunca despertou muito meu interesse, mas para a nova investida de Lu eu estava contando os dias para o lançamento, e a espera valeu a pena.

(mais…)


EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!