Fantasia

Sombra e Ossos

Autora:  Leigh Bardugo
Editora:  Gutenberg
Páginas:
 344
Classificação:
 4/5 estrelas

No grande desfecho da trilogia Sombra e Osso, Leigh Bardugo se supera e nos surpreende com um livro muito bem amarrado, personagens sólidos e uma batalha épica entre a Luz e as Trevas… Literalmente.

Alina Starkov passou de órfã a cartógrafa de Ravka, a Grisha e agora Santa. Depois dos acontecimentos ocorridos em  Sol e Tormenta, Alina poderia ter morrido ao enfrentar o Darkling, e foi sua sobrevivência e o fato de ter ultrapassado os poderes básicos dos Grishas que tornaram-na uma entidade espiritual.

“Você poderia me tornar um homem melhor.”
“E você poderia me tornar um monstro.”

Alina está sendo mantida em cavernas abaixo da terra junto com os sobreviventes do Pequeno Palácio, os poucos Grishas que não morreram e não se juntarão ao Darkling, junto com Maly e vários fiéis alimentados pela liderança duvidosa do Apparat. E com dificuldades para se recuperar…

(mais…)


Autores: James Frey e Nils Johnson-Shelton
Editora: Intrínseca
Páginas: 
504
Classificação:
 4,5/5 estrelas

UAU! Logo que li a sinopse desse livro e pesquisei um pouco mais sobre ele, pensei: preciso ler este livro! Endgame: O Chamado me chamou a atenção não só pelo fato de ter uma premissa totalmente inovadora, ele também vem acompanhado de características que o tornam uma saga para se apaixonar. Para incrementar minhas expectativas, o autor James Frey é o fundador e CEO da Full Fathom Five, a responsável pela série Os Legados de Lorien, que é outra grande série que estou louco para conhecer e sou super fã da adaptação.

A vida não é o mesmo que a morte. Você deveria ver. Isto é o Endgame.

Talvez você os conheça por outros nomes, mas o Povo do Céu há milhares de anos criaram a humanidade, as doze primeiras linhagens que deram origem às nossas antigas civilizações. Depois de instruí-los, as divindades foram embora, prometendo voltar e quando isso ocorresse eles dariam início ao Endgame. O Endgame não é somente um jogo, é o Jogo que determinará o futuro da humanidade.

Baseados nessa promessa, as linhagens preparam os Jogadores para serem extremamente letais e espertos, aquele que conseguir desvendar os enigmas e achar as três chaves será o vencedor. Mas os Jogadores logo descobrem que o Jogo é muito mais perigoso do que eles imaginavam.

Com medo por ela, com medo por si. Com medo porque não consegue parar de pensar que um desses dois Jogadores vai morrer.

(mais…)


Autora: Maggie Stiefvater
Editora: Verus
Páginas: 391
Classificação: 5/5 estrelas

Essa resenha pode conter spoilers envolvendo o primeiro e segundo livros.

Blue lily, lily blue é o terceiro livro da quadrilogia The Raven Cycle escrita por Maggie Stiefvater e BANG!… Não sei nem por onde começar…

O livro inicia algumas semanas depois do fim de Ladrões de Sonhos e o ponto de vista volta a ser principalmente de Blue. Sua mãe Maura Sargent adentrou a caverna de Cabeswater, deixando apenas um bilhete para trás, informando onde ela estava e que Glendower está lá também.

Blue está perdida, talvez não tão explicitamente, mas a nossa protagonista se encontra em vários momentos se perguntando o que fazer, e o que fazer SEM sua mãe. Gansey está mais disposto que nunca a encontrar o rei Galês adormecido; Noah fica cada vez mais sombrio, mais morto que vivo, digamos assim; Adam continua sendo perturbado pela barganha com Cabeswater; e Ronan… Bem, Ronan está desesperado para encontrar uma maneira de manter os sonhos vivos depois que seu sonhador morre… e ele tem motivos. Greenmantle é um deles, o ex-mandante do hitman, O Homem Cinzento, e responsável pela morte de Niall Lynch, o pai de Ronan. O safado vem até Henrietta para encontrar ele próprio o Greywaren: “objeto” que permite tirar coisas dos sonhos.

Talvez eu sonhei você.

(mais…)


Autor: Philip Pullman
Editora: Alfaguara
Páginas:
416
Classificação:
4/5 estrelas

Contos de Grimm Para Todas as Idades é uma coletânea de contos editada e comentada por Philip Pullman e reúne cinquenta contos, alguns bem famosos, como Rumpelstiltskin, Cinderella, João e Maria, e outros nem tanto. É um livro que tenta apresentar uma outra visão de histórias que foram apresentadas a nós, seja através da Disney, seja através dos livros, e agora, principalmente, através dos vários filmes e séries de tv que usam e abusam desses contos.

Trabalhe com o que tem nas mãos.

É claro que eu eu esperava mais uma adaptação desses contos já conhecidos e não uma junção de todos eles em um só lugar, afinal eu cresci ouvindo grande parte dessas histórias e acreditava já sabê-las nos mínimos detalhes; ledo engano, Pullman dessa vez surpreende não por criar uma fantasia completamente inesperada, mas sim ao nos fazer pensar em algo já antigo e como a história vai além de uma garota que perdeu um sapatinho ou jogou suas tranças do terraço de sua casa, como surgiu e algumas de suas versões.

(mais…)


Autora: Tera Lynn Childs
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Classificação: 3/5  estrelas

Finalmente, finalmente, esse livro super gostoso da Tera Lynn Childs chegou ao Brasil. Eu conheci a autora há alguns anos com Forgive My Fins e desde então me apaixonei por sua escrita divertida e fácil. Tudo bem que seus livros nunca foram para o topo da minha lista de favoritos, mas seus romances são tão descomplicados, doces, que foi fácil me apegar.

Em Ai Meus Deuses! conhecemos a protagonista da série Meus Deuses (Oh. My. Gods., no original), Phoebe, que leva uma vida comum até sua mãe aparecer com uma surpresa desagradável: a família vai se mudar para a Grécia. Pior, a mãe de Phoebe vai se casar com um cara que ela nem sequer apresentou para sua filha antes.

(mais…)


Autora: Tamara Ireland Stone
Editora:  Rocco
Páginas: 368
Classificação: 5/5 estrelas

Quando você não gosta de um livro é tão simples e fácil falar dele, apontar os pontos negativos e fazer os leitores do blog entender o porquê você não gostou dele. No entanto, quando acontece ao contrário, e você se apaixona por ele… A tarefa é um desafio. É difícil encontrar palavras que descreva tão bem o quanto você gostou dele. Mas, tentarei mostrar a vocês o quanto O tempo entre nós é apaixonante.

Você pode me levar a qualquer lugar. Ou a lugar algum. Mas aonde quer que você esteja nesse mundo, é onde eu quero estar.

Anna é uma típica garota de 16 anos que vive uma vida normal até conhecer Bennett. Aparentemente ele a reconhece, porém, faz de tudo para evita-la. Isso apenas faz com que ela o queira conhecer  ainda mais. O problema – que ela ainda não sabe – é que eles não deveriam se conhecer, visto que eles estão no ano de 1995 e Bennett veio do futuro, mais precisamente de 2012. Ele tem a habilidade de viajar por vários lugares e durante o tempo. E por causa de um certo acontecimento, ele teve de voltar ao ano de 1995 onde acaba conhecendo Anna. E mesmo sabendo que é errado, que ele está quebrando todas as regras – impostas por ele mesmo –, acaba se apaixonando por ela.
(mais…)


EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!