Aventura

Autora: Renee Ahdieh
Editora: Globo Alt
Páginas:
 336
Classificação:
 3/5 estrelas

A Fúria e a Aurora é uma recontagem de As Mil e Uma Noites e, como eu sou uma fracote quando se trata de retellings de contos que eu gosto, e esse livro ainda estava concorrendo na primeira etapa dos melhores do ano no Goodreads, resolvi experimentar. Ruim não podia ser, não é? Beeeem…

Não, o livro não é ruim. Só que também não é tudo que eu imaginava.

Eu te amo, milhares de vezes. E eu nunca vou me desculpar por isso

Todas as noites o califa se casa com alguma jovem, e todas as manhãs sua nova esposa é morta. Aparentemente, ele poderia fazer isso por quanto tempo quisesse, desde que não escolhesse a melhor amiga de Sharzad como noiva. Sharzad, aliás, é a nossa protagonista, uma jovem inteligente e corajosa, admirada por todos que a conhecem por sua determinação e força de vontade, e que não aceita que o assassino de Shiva, sua melhor amiga desde a mais tenra idade, saia impune, mesmo sendo o rei e, aparentemente, louco. Ela se voluntaria como noiva e promete para sua família e amigos que vai sobreviver a quantas noites forem necessárias para descobrir os segredos dele e matá-lo, não importam as consequências… E é assim que o livro começa.

(mais…)


Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras  
Páginas:
 400 
Classificação:
 5/5 estrelas

Nas frigidas madrugadas, em uma angustiante cidade do Centro-Oeste, centenas de pessoas desempregadas estão na fila para uma vaga numa feira de empregos. Sem qualquer aviso um motorista solitário irrompe no meio da multidão em um Mercedes roubado, atropelando os inocentes, dando ré e voltando a atropelá-los. Oito pessoas são mortas, quinze feridos. Em outra parte da cidade, meses mais tarde, um policial aposentado chamado Bill Hodges é ainda assombrado por um crime sem solução. Quando ele recebe uma carta enlouquecida de alguém que se auto-identifica como privilegiado e ameaça um ataque ainda mais diabólico, Hodges acorda de sua deprimente e vaga aposentadoria, empenhado em evitar outra tragédia.

Não é por acaso que Stephen King é considerado o Rei do Terror. Esse simpático senhor é autor de nada menos do que dezenas e dezenas de histórias do gênero, entre outros, como suspense e drama. Mas com Mr. Mercedes, King decidiu quebrar duas de suas raízes de construção: dividiu sua história em uma trilogia e abriu mão do sobrenatural, o que aconteceu em raras ocasiões. Lançado recentemente pela Suma de Letras, o livro mexe ainda mais com o leitor pelo sabor de realidade que proporciona. Mesmo com diversos seres fantásticos que o nosso imaginário construiu como objetos de horror, ainda é de nossos próprios semelhantes que sentimos mais medo. O ser humano, armado constantemente de rótulos e comportamentos privados, sempre será uma caixinha de surpresa, por isso Mr. Mercedes nos causa uma sensação de vertigem.

(mais…)


Autora: J.A. Redmerski
Editora: Suma de Letras  
Páginas:
 248 
Classificação:
 4/5 estrelas

Esse livro é o terceiro da série Na Companhia de Assassinos, e ainda que você possa lê-lo sem ler os anteriores, indico fortemente que não faça isso.

Em O Cisne e o Chacal vamos mergulhar fundo na história de Fredrik Gustavsson e a caçada que inicia para encontrar, e matar, sua esposa, Seraphina, a mulher que ele mais amou na vida — o que só fez sua traição ainda pior.

Meu belo cisnei. Minha salvadora e minha perdição.

E a única pessoa que pode levá-lo diretamente à ela é Cassia, uma doce e inocente garota que pode ser a chave de tudo. Mas Cassia está ferida após escapar de um incêndio, e não se lembra de nada. Fredrik não tem escolha a não ser manter a mulher por perto, porém, depois de um ano convivendo com seu jeito delicado e piedoso, ele se descobre em uma batalha interna entre o que sente por Seraphina e o que sente por Cassia. Porque ele sabe que, para manter o amor de uma, a outra deve morrer.

(mais…)


Autora: Marie Rutkoski
Editora: Farrar Straus Giroux
Páginas:
 328
Classificação:
4/5 estrelas

Era uma vez uma menina, que já estava desanimada com suas leituras sempre tão repetitivas, histórias chatas e romances impossíveis. Era uma vez uma série, uma sequência de livros que prometiam mais do mesmo.

“Minha alma é sua”, disse ele. “Você sabe disso.”

A garota, ainda assim, decidiu ir em frente. Leu só algumas páginas. Depois, ela leu 100, 200, terminou o primeiro livro, começou o próximo, e, em dois dias, terminou toda a série e aprendeu que nem tudo é o mesmo, que há histórias que surpreendem e brilham, principalmente quando a dor de cada personagem se torna a sua própria. Terminei essa trilogia querendo esquecê-la para então poder passar por tudo novamente.

(mais…)


Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 448
Classificação: 4/5 estrelas

Magnus Chase é um adolescente que passou os últimos anos morando na rua, após sua mãe ter sido assassinada por lobos em um acidente meio que “surreal”. Desde então, o garoto vive de sua inteligência, sobras de comida e com uma ajuda um tanto “especial”, digamos assim. Ele se manteve distante de qualquer parente, fazendo o possível para não ser encontrado. Mas tudo muda para ele quando um tio que sua mãe havia orientado que Magnus ficasse longe o encontra e revela sua origem: o menino é filho de um deus nórdico. Depois de ser levado a lutar contra um gigante de fogo que está destinado a trazer a destruição aos 9 mundos, Magnus morre, mas apenas para abrir as portas de realidades que ele acreditava serem apenas lendas.

“Você parece o Kurt Cobain,” minha mãe dizia, para me provocar. “Eu adorava o Kurt, pena que ele morreu.”
Ah, adivinha, mãe!, pensei. Agora também tenho isso em comum com ele!

(mais…)


Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 560
Classificação: 5/5 estrelas

Cassandra Clare é o poder! Para mim, beira ao absurdo a capacidade que essa mulher tem de reinventar e expandir o próprio universo sem andar em círculos ou parecer repetitiva. Estou há dois anos sem ler algo dela, desde o fim de Os Instrumentos Mortais e, confesso, tinha me esquecido da sensação maravilhosa que é viajar em meio as páginas da escrita fantástica de Clare e os seus Shadowhunters. Mas – pausa para respirar –, vamos em partes.

Dama da Meia-Noite é o primeiro volume que abre as portas para uma nova trilogia envolvendo os Caçadores das Sombras. Os Artifícios das Trevas narra a trajetória de Emma Carstairs e Julian Blackthorn, parabatais que nutrem uma amizade sem igual e que servem de apoio um para ao outro em meio aos desafios e fantasmas que possuem.

Emma correu pelas escadas. […] Ele preencheu a visão dela; era tudo que ela conseguia enxergar. Não só o Julian como estava agora, caminhando até ela no chão com o desenho do Anjo, mas Julian lhe entregando as lâminas serafim às quais dera um nome, Julian sempre lhe dando um cobertor quando ela sentia frio no carro, Julian diante dela na cidade do Silêncio, com fogo branco e dourado se elevando entre eles enquanto recitavam seus votos de parabatai.

Emma busca a verdade sobre a morte de seus pais após a Guerra que culminou em inúmeras transformações nas regras dos Shadowhunters, enquanto que Julian tem que se preocupar em cuidar de seus irmãos e do Instituto de Los Angeles, além de guardar a sete chaves um grande segredo. Em meio a tudo isso, assassinatos de seres humanos e fadas que possuem padrões semelhantes aos dos pais de Emma vão desencadear uma investigação que pode levá-la a explicação de toda a tragédia, mas nem sempre a verdade é o que queremos que ela seja.
(mais…)


EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!