Aventura

Autora: Maggie Stiefvater
Editora: Verus
Páginas: 391
Classificação: 5/5 estrelas

Essa resenha pode conter spoilers envolvendo o primeiro e segundo livros.

Blue lily, lily blue é o terceiro livro da quadrilogia The Raven Cycle escrita por Maggie Stiefvater e BANG!… Não sei nem por onde começar…

O livro inicia algumas semanas depois do fim de Ladrões de Sonhos e o ponto de vista volta a ser principalmente de Blue. Sua mãe Maura Sargent adentrou a caverna de Cabeswater, deixando apenas um bilhete para trás, informando onde ela estava e que Glendower está lá também.

Blue está perdida, talvez não tão explicitamente, mas a nossa protagonista se encontra em vários momentos se perguntando o que fazer, e o que fazer SEM sua mãe. Gansey está mais disposto que nunca a encontrar o rei Galês adormecido; Noah fica cada vez mais sombrio, mais morto que vivo, digamos assim; Adam continua sendo perturbado pela barganha com Cabeswater; e Ronan… Bem, Ronan está desesperado para encontrar uma maneira de manter os sonhos vivos depois que seu sonhador morre… e ele tem motivos. Greenmantle é um deles, o ex-mandante do hitman, O Homem Cinzento, e responsável pela morte de Niall Lynch, o pai de Ronan. O safado vem até Henrietta para encontrar ele próprio o Greywaren: “objeto” que permite tirar coisas dos sonhos.

Talvez eu sonhei você.

(mais…)


Autor: Philip Pullman
Editora: Alfaguara
Páginas:
416
Classificação:
4/5 estrelas

Contos de Grimm Para Todas as Idades é uma coletânea de contos editada e comentada por Philip Pullman e reúne cinquenta contos, alguns bem famosos, como Rumpelstiltskin, Cinderella, João e Maria, e outros nem tanto. É um livro que tenta apresentar uma outra visão de histórias que foram apresentadas a nós, seja através da Disney, seja através dos livros, e agora, principalmente, através dos vários filmes e séries de tv que usam e abusam desses contos.

Trabalhe com o que tem nas mãos.

É claro que eu eu esperava mais uma adaptação desses contos já conhecidos e não uma junção de todos eles em um só lugar, afinal eu cresci ouvindo grande parte dessas histórias e acreditava já sabê-las nos mínimos detalhes; ledo engano, Pullman dessa vez surpreende não por criar uma fantasia completamente inesperada, mas sim ao nos fazer pensar em algo já antigo e como a história vai além de uma garota que perdeu um sapatinho ou jogou suas tranças do terraço de sua casa, como surgiu e algumas de suas versões.

(mais…)


Autor: Andy Weir
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Classificação: 5/5 estrelas

Como uma obra de ficção em ascensão, Perdido em Marte foi um dos livros que logo prendeu meu interesse pelo fato de ter uma premissa inovadora. Com a adaptação em andamento, não quis perder tempo e aproveitei os ótimos comentários para ingressar de cabeça na leitura deste livro e estava certo quanto a isso. O melhor de tudo é que, depois de iniciar a leitura, perceber que a trama não envolverá apenas ficção científica, mas mesclará também suspense com aquele toque de humor, tornou-o impossível de largar.

Estou ferrado. Essa é a minha opinião abalizada. Ferrado.

Mark Watney foi o décimo sétimo astronauta a pisar em Marte, mas muito provavelmente será o primeiro a morrer no solo vermelho. Certos que Mark estava morto depois de uma tempestade, a tripulação da missão Ares 3 acaba deixando o planeta vermelho. Mas Mark está vivo, pelo menos por enquanto. Haverá outra expedição em alguns anos e essa é a esperança de Mark, conseguir manter-se vivo até a chegada da Ares 4 mas isso não quer dizer que será uma tarefa fácil.

(mais…)


Autora: Lois  Lowry
Editora: Arqueiro
Páginas: 192
Classificação: 3.5/5  estrelas

Finalmente, após várias e várias edições de O Doador — hoje intitulado O Doador de Memórias em razão do filme –, a sequência do livro chegou ao Brasil e só posso torcer para que dessa vez vingue e os outros dois últimos livros da série sejam publicados.

Para quem não leu O Doador, A Escolhida não apresenta spoilers do livro anterior, entretanto a história e os personagens vão se encontrar para finalmente dar um desfecho a história, então é obrigatório ler o livro na sequência correta. Nesse segundo livro, conhecemos  Kira, uma garota com um problema na perna e com o dom de bordar e fazer magia com tecidos.

Queime, mundo flagelado
Fornalha feroz
Inferno impuro…

Porém, apesar de todas as suas qualidades, Kira é menosprezada em um mundo que não aceita defeitos e quando sua mãe falece seu único porto seguro vai junto com ela e um futuro incerto está a sua frente. Mas, para sua surpresa, o Conselho dos Guardiões precisa de suas habilidades e aparentemente ela finalmente encontrou seu lugar, até Kira descobrir que nem tudo que brilha é ouro e tudo tem um preço.

Não há muito mais a discorrer sobre esse livro sem correr o risco de revelar algo essência da história. A Escolhida é ainda mais compacto que seu livro anterior –apesar do número de páginas ser o mesmo-, não chega a ter duzentas páginas e elas revelam muito pouco, mais com o propósito de instigar o leitor a aguardar o livro seguinte do que se surpreender com a trama do livro, tudo chega a beirar ao óbvio, eu diria.

(mais…)


Autora: S.J Kincaid
Editora: Vergara&Riba
Páginas: 438
Classificação: 5/5 estrelas

Em Insígnia: O Vórtex Negro, Tom e seus amigos acabaram de entrar em seu segundo ano de treinamento como armas do governo, assim agora eles são cadetes de Nível Intermediário na tropa de elite das Força Intrassolares e devem lidar com todas as responsabilidades e expectativas que vem com esse título.

Confesso que estava muito animada para ler esse livro, já que Insígnia foi um dos meus livros favoritos do ano passado, mas também fiquei com medo de que Vórtex Negro sofresse a maldição do segundo livro e acabasse me decepcionando. Felizmente isso não ocorreu, já que a S. J Kincaid conseguiu traçar uma trama maravilhosa igual a sua primeira, só que com um ritmo mais lento.

Isso ocorreu porque a autora preferiu dar mais espaço, pelo menos na primeira parte do livro, para o desenvolvimento dos personagens e do mundo criado por ela do que se focar na ação. Assim, foi possível conhecer mais sobre como a sociedade chegou aquele estado e também a extensão do poder das empresas que financiam a guerra, sendo que sinceramente eu acho aterrador o fato de como esse controle que as empresas possuem sobre os governos se assemelha muito ao mundo real.

(mais…)


Autora: Sally Green
Editora: Intrínseca
Páginas:
304
Classificação:
3/5 estrelas

Nathan tem 16 anos e vive em uma jaula, mantido em cativeiro pelo sua própria espécie, os bruxos da Luz, pelo simples fato de ser uma aberração. Nathan é um meio código, sua mãe era uma bruxa da Luz e seu pai o mais temido bruxo das Sombras. Sendo o meio-sangue que é, o garoto sofre todo tipo de preconceito por parte da comunidade bruxa.

Desejado por nenhum. Caçado por todos.

Então Nathan, perto da idade em que deve receber três presentes de um parente de sangue para enfim se tornar um bruxo adulto e desenvolver sua magia, escapa e vai em busca de seu pai. Mas encontrar Markus o pai-bruxo-das-Sombras-temido-por-geral não será fácil, e pior, ele dará os três presentes ao filho que nunca manteve contato? Nathan se pergunta se o pai realmente se preocupa com ele, já que nunca o contatou desde que foi acusado de matar a mãe do garoto.

E essa é a premissa de Half Bad, uma exceção em originalidade hoje com tantos livros de fantasia juvenil, com seu plot surpreendentemente adulto envolto de mistério e pouco blá blá blá.

(mais…)


EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!