Humor

Autora: L.H. Cosway
Editora:
Páginas: 355

Acho que esse livro vai te tirar da zona de conforto. Não, não estamos falando de nada muito pesado, mas Painted Faces da L.H. Cosway começa a abrir sua mente para assuntos peculiares, principalmente pro mundo das drag queens.

O livro conta a história de Nicholas e Freda. O nosso ‘mocinho’ é um cara com a mente aberta. Apaixonado pelo sexo feminino, ama andar de saltos e adora as expressões delicadas das mulheres. Por conta desse amor todo pelo mundo feminino, Nicholas acaba escolhendo uma carreira artística bem interessante: artista de cabaré, uma Drag Queen, a linda Vivica Blue.

Então, isso sou eu querida, uma completa e total contradição.

Por outro lado, temos a nossa mocinha Freda, uma mulher cheia de inseguranças, muito sarcástica, um pouco gordinha e que vive num mundinho fechado. E ao se deparar com a beleza de seu novo vizinho (Nicholas), ela fica encantada e totalmente arisca, porque tem certeza que um homem tão perfeito como ele não poderia dar bola para ela. Mas o rapaz é pra lá de insistente e provoca Freda e todos os leitores com seus elogios, flertes e investidas quentes.

Muita gente deve achar que por ele amar o universo feminino, ele poderia ser gay ou algo assim, mas isso ultrapassa qualquer sentimento homem-mulher. Vivica Blue é pra ele uma espécie de alter ego, uma forma de ficar mais próxima a sua própria mãe. E ele ama tanto as mulheres, que essa é a forma mais sincera e bonita de homenageá-las.

Nicholas nos emociona a cada conversa sobre a mãe, a forma delicada de tratá-la. É o tipo de relação de amor e orgulho. E ele e Freda tem uma química enorme, você consegue sentir através do papel, de cada página. Os dois formam uma amizade linda e um relacionamento de tirar o fôlego. Quando finalmente ela descobre que Nicholas é Vivica, você poderia pensar que ela teria um certo preconceito, até porque ela vem de uma família simples, vive uma vida simples e não está acostumada com esse meio, mas então ela vem e surpreende a gente com todas as emoções a flor da pele e o desejo enorme por ele. (vestido ou não de mulher)

Pra mim uma Drag Queen se veste como uma mulher puramente para performar e é desse jeito que eu me vejo.

Esse livro entrou na minha lista de favoritos da vida! A autora transforma um mundo que nem todo mundo está acostumado em algo completamente apaixonante. Os diálogos entre os dois são um dos maiores pontos positivos do livro. Nada daqueles papos sem graças que encontramos em vários romances por aí. Os dois são sarcásticos e divertidos, sempre soltando alguma ironia.

Deixem o preconceito de lado e se apaixone por Vivica, por Nicholas e por Freda!

Eu sinto que nenhuma pessoa na história amou outra pessoa como eu te amo. Eu te amo tanto que dói. Você me faz sorrir, você me faz dar risadas, você me faz queimar.


Autora: Mary Roach
Editora: Paralela
Páginas: 368
Classificação: 4/5 estrelas

Vou começar dizendo que eu não sou nada fã de livros que não sejam de ficção. Quanto a gêneros, eu não me importo muito e acabo lendo sempre um pouco de cada, mas histórias de não-ficção, biografias, autoajuda ou livros sobre culinária, passam bem longe de ser o tipo de livro que eu gostaria de ler. Mesmo assim, quando a editora Paralela divulgou que publicaria Curiosidade Mórbida, eu não resisti. Todos nós já fantasiamos e lemos livros que falam sobre a vida após a morte no sentido sobrenatural e romantizado, mas neste livro, vamos conhecer a vida após a morte no sentido putrefato e mal cheiroso da expressão.

Não há nada engraçado em estar morto, dirão. Só que há. Estar morto é absurdo. É a situação mais louca em que você poderia se encontrar.

Todos nós já tivemos aqueles vizinhos chatos que falam que o cabelo nunca para de crescer, mesmo depois de mortos, ou aquela sua tia-avó que adora contar um caso de alguém que morreu, abriram seu túmulo anos depois e o corpo ainda estava razoavelmente inteiro. Podemos culpá-los? Atire a primeira pedra quem nunca teve a curiosidade de saber o que acontece com o nosso corpo quando morremos. É isso que a autora Mary Roach irá abordar no seu livro.

(mais…)


Autora: Scott Lynch
Editora: Arqueiro
Páginas:
 464
Classificação:
 5/5 estrelas

As mentiras de Locke Lamora conta a história de Locke Lamora e seus nobres vigaristas, um grupo treinado pelo Padre Correntes para se infiltrar entre os nobres e dar elaborados golpes ao mesmo tempo em que se safam de serem punidos por quebrarem a paz secreta, esta última feita pelo dois maiores governadores de Camorr com o objetivo de proibir que a nobreza fosse roubada.

Só que a vida dos nobres vigaristas sofre uma reviravolta com chegada do Rei Cinza, que comete uma série de assassinatos que aterrorizam os ladrões de Camorr, além de ameaçar a paz e segurança dos nobres vigaristas.

Sabe aquele livro que você passa a noite lendo porque não consegue larga-lo por um minuto sequer? E aquele outro que te faz perguntar porque você nunca tinha se importado com esse tesouro que estava na sua estante aguardando ansiosamente para ser lido? Ou aquele outro que te deixa achando que vai ser difícil encontrar um livro que o supere? Então, As mentiras de Locke Lamora provoca essas mesmas três sensações e muito mais.

Não preciso de ninguém para me lembrar que estamos mergulhados em água escura até o pescoço. Só peço a vocês que se lembrem de que os malditos tubarões somos nós.

(mais…)


Autora: Ilona Andrews
Editora: Saída de Emergência  
Páginas:
 256 
Classificação:
 4/5 estrelas

Sangue Mágico é o primeiro livro da série de maior sucesso de Ilona Andrews, série que tornou-se uma febre e está entre as favoritas do gênero urban fantasy.

Proteja seu sangue, pois ele a trairá.

Os livros são escrito sob o pseudônimo de dois autores, um marido e sua esposa. Illona nasceu na Russia e Gordon é um ex sargento americano, e essa parceria tem tudo a ver, provavelmente foram esses polos tão diferentes e com ótima harmonia entre duas pessoas que convivem juntos e estão dispostos a criticar sem medo de magoar que fez tudo dar tão certo. Não sei como é a vida pessoal deles, mas o casamento literário entre eles tem tudo a ver.

Na história, conhecemos o mundo após sofrer um apocalipse mágico. Com o abuso da tecnologia, o mundo tornou-se volátil e a mágica retornou em vingança e vem em ondas quando aparece, desligando aparelhos, balançando a realidade como antes era conhecida.

E é nessa nova realidade que Kate Daniels vive; uma mulher solitária com uma boca difícil de ser controlada e seus próprios dons e segredos, o ponto de ruptura para tudo mudar em sua vida é quando perde mais um laço e alguém querido é assassinado. Kate então precisa deixar de lado seus problemas com as autoridades para sair em busca de vingança. E a lei que rege sua vida, de nunca chamar a atenção para si, começa a ser rompida.

(mais…)


Autor: Gregório Duvivier
Editora: Companhia das Letras
Páginas:
 208
Classificação:
 3/5 estrelas

Gregório Duvivier é um dos nomes mais comentados tanto na mídia por seus trabalhos no canal Porta dos Fundos como no mercado editorial com a publicação de suas crônicas na Folha de São Paulo. Segundo o autor, Put Some Farofa ganhou esse título devido a uma de suas crônicas que cria uma conversa imaginária entre um brasileiro com um gringo visitando o Brasil durante a copa, e rapidamente se tornou um viral de internet.

Abrir mão do direito de ser detestável: nada mais adorável.

Mas em um vídeo com o autor, ele também diz que o título não veio somente desta crônica, mas que justamente essa mistura gostosa de vários textos em um só livro , como crônicas, esquetes, roteiros e monólogos, também tem grande peso na escolha do título. Ou seja, não espere uma história linear com começo, meio e fim.

(mais…)


Autora: Megan Maxwell
Editora: Suma de Letras
Páginas: 280
Classificação: 4/5 estrelas

Vai Sonhando! é mais um livro de Megan Maxwell publicado pela Suma de Letras, mas com uma pegada COMPLETAMENTE diferente de Peça-me o que quiser. O humor continua? Sim, claro, mas o erotismo é leve, o romance está mais para um chick-lit, digamos, um pouco picante.

Como pretende que depois de te conhecer eu continue vivendo sem você?

Daniela, nossa protagonista, é uma fisioterapeuta que precisa batalhar diariamente, seu futuro é incerto e cada amanhecer é um presente que ela recebe de sorriso aberto.

E então temos Rubén Ramos, o touro espanhol, um craque conhecido mundialmente, jogador do Inter, rico, gostoso e rodeado por mulheres. Porém, quando ele se fere em uma partida e é enviado para cirurgia, ele acaba encontrando Daniela, uma mulher que Rubén vê como gorda e sem muitos atrativos, mas quando suas personalidades se chocam ele percebe que seus ataques não funcionam com essa mulher e ele vai precisar mudar se quer ser o que Daniela precisa.

Quando conheci Megan Maxwell, foi justamente por livros como esse que me tornei sua fã. Antes dos romances eróticos ganharem o mercado editorial, seus livros estavam mais voltados para o humor mesclado com algum drama e doses picantes de paixão, nada de swing, ménage à trois e outras lambanças. E sério, eu realmente senti falta disso, adoro o casal de Pídeme lo que quieras, mas certos trechos são simplesmente bizarros.

(mais…)


EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!